notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/10/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    educação básica

    Escola municipal fica na parada 87, Morada Gaúcha

    Escola Idelcy Silveira tem a melhor nota do Ideb em Gravataí

    por Redação | Publicada em 23/09/2020 às 16h46| Atualizada em 23/09/2020 às 16h59

    A Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Professora Idelcy Silveira Pereira obteve a maior nota de Gravataí no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao último ano, um 7,1. A nota do município é 5,7.

    De acordo com a diretora da escola Idelcy, Noris Quevedo, o resultado do Ideb é uma consequência de um trabalho sério firmado no desenvolvimento de competências técnicas pedagógicas do corpo técnico e docente da escola.

    – Nossa Emef é focada no desenvolvimento do aluno, ele é o centro de todas as ações desenvolvidas – pondera Noris. 

    Ela ressalta que pensar em uma escola perpassa por muitos caminhos, como a recepção de alunos e famílias, o apoio aos profissionais, a organização e higienização do espaço físico, entre outros fatores.

    Além do mecanismo de gestão, há a sala de aula: o cerne do processo educacional. Para Noris, é nela onde é possível observar as necessidades dos alunos e construir um planejamento que atenda a todos: 

    – Nossos professores se deparam com diversos processos dentro da sala, haja vista que os alunos trabalham de forma comunitária, mas são diferentes entre si. Não podemos esquecer de que há tempos de aprendizagem diferentes e ações específicas para otimizar o ensino de cada discente. 

    Dessa forma, o processo de inclusão de estudantes com necessidades educacionais especiais amplia o olhar da equipe docente para as diferenças.

    – É uma questão essencial quando tratamos dos alunos que fazem parte Atendimento Educacional Especializado (AEE). O olhar pedagógico deve ser sensibilizado – completa a diretora. 

    Junto à Secretaria Municipal da Educação (Smed), que no ano passado investiu R$ 235 milhões, a Escola Idelcy unificou o currículo e investe na formação continuada dos professores. Segundo Magda Ely, diretora pedagógica da Smed, a pasta intensificou as assessorias pedagógicas e discutiu os dados parciais trimestrais, sendo um dos aspectos que resultaram no maior Ideb da cidade.

    Magda relembra da trajetória da Escola Idelcy desde 2015, ano em que a unidade optou pelo Sistema de Ensino Aprende Brasil, da Editora Positivo. O sistema reúne livros didáticos integrados, plataforma de aprendizagem e sistemas de avaliação e gestão. 

    – São aspetos que fazem toda a diferença no processo de aprendizagem, além da demonstração exemplar do comprometimento e da capacidade da equipe diretiva, dos professores, dos alunos e dos pais. É isso que possibilita uma educação básica de referência. 

     

    LEIA TAMBÉM

    Gravataí alcança sua melhor nota na educação básica

     

    O Ideb

     

    Criado em 2007, pelo Inep, o Índice é formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino. O cálculo é feito a partir de dois elementos:

    1 - Taxa de rendimento escolar (aprovação/reprovação, distorção idade/série);

    2 - Médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep (Avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb)).

    As metas estabelecidas pelo Ideb são diferenciadas para cada escola e rede de ensino, com o objetivo de alcançar 6 pontos até 2022, média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos.

    • obras
      Marco Alba anuncia iluminação de LED em avenidas
      por Redação
    • eleições 2020
      Juíza não dá liminar para retirar placas de Dimas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Parabéns Miki, por proibir aulas!
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Prefeituráveis lançam primeiras contas de campanha
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Para Ministério Público Dr. Levi é elegível
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      ’Marco não diz que é candidato como Bordignon em 2017’
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Por que Justiça barrou debate do CIC
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Justiça não tira Marco de propaganda; Já Bordignon...
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Na TV, Zaffa e Dimas dividiram a bola do Mercado Livre
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Não é a segunda, é a nossa primeira onda ainda
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      MP quer impugnar aposta do governo à Câmara
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      Jingle do Delegado é piada de Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      É fake que Deadpool não usa fundão eleitoral
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]eguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.