notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 08/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    com vídeo

    Chamas foram vistas a quilômetros de distância

    Incêndio de grandes proporções destrói parte de nosso santuário ambiental

    por Cristiano Abreu | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 04/04/2020 às 00h| Atualizada em 07/04/2020 às 00h33

    “Fogo consome Banhado Grande, autoridades estão a caminho.” Com este alerta feito pela Associação de Preservação da Natureza - Vale do Gravataí (APNVG) em rede social, a sociedade tomou conhecimento de uma luta que se estendeu das 19h de sexta-feira (3), até a manhã deste sábado. Ainda não se sabe a causa, nem a extensão atingida na mais recente agressão à Área de Proteção Ambiental (APA) Banhado Grande.

    O trecho queimado é de grandes proporções e fica em uma propriedade particular no município de Glorinha. Conforme a analista ambiental da APA na Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), Cecília Nim, um guarda-parque percebeu as chamas no fim da tarde de sexta, e reportou à secretaria. Bombeiros DE Gravataí e Canoas se juntaram a voluntários para apagar o incêndio.

    – O local atingido é de difícil acesso, o que dificultou o trabalho. Assim que a fumaça baixar, faremos voos com drones para avaliarmos os danos e conhecermos a extensão total afetada – afirmou Cecília.

    Os bombeiros permanecem no local controlando focos isolados que eventualmente ressurgem.

    O presidente da APNVG planeja sobrevoar o banhado neste domingo para avaliar os danos. Além de lamentar o ocorrido, Paulo Müller, defende uma investigação no trecho queimado.

    - O banhado está muito seco, tem uma quantidade enorme de matéria orgânica de fácil combustão. Até um raio pode ter feito isso, mas não descartamos nenhuma hipótese, a perícia vai dizer se foi algo provocado ou natural – conclui Müller.
     

    Apoio


    O soldado do Exército Leonardo Ribeiro ajudou no controle do fogo e postou imagens do trabalho em uma rede social. Hoje ele postou um desabafo:

    “Ontem no meu primeiro dia de patrulhamento depois do retorno das férias, mesmo com todas as dificuldades como falta de EPIS (equipamentos de proteção individual), a dificuldade a acessar a área do local do incêndio devido ao banhado e as pontes dentro das lavouras dos canais em péssimas condições, consegui averiguar fatos. Infelizmente o incêndio no banhado é outra situação que muitas pessoas que estão paradas por causa da quarentena e de férias coletivas estão indo acampar com a família, para cometer, muitas vezes, irregulares como a pesca predatória, caça, descarte de lixo, etc..”

     

    O que é a APA

     

    A Área de Proteção Ambiental do Banhado Grande abrange parte dos Biomas Pampa e Mata Atlântica e ocupa 2/3 da bacia hidrográfica do rio Gravataí. Está localizada entre os municípios de Glorinha, Gravataí, Viamão e Santo Antônio da Patrulha, com uma área de 136.935 hectares.

    A vegetação original é composta predominantemente de banhados e matas de restinga, sobre o solo arenosos da Coxilha das Lombas, que é uma região de paleodunas remanescente das transgressões e regressões marinhas. Atualmente, a APA possui em seu território áreas urbanas e de atividades agropastoris, predominando o cultivo de arroz.

    O objetivo da criação da APA é a proteção dos banhados formadores do rio Gravataí (Banhado Grande, Banhado do Chico Lomã e Banhado dos Pachecos), compatibilizando o desenvolvimento socioeconômico com a proteção dos ecossistemas naturais preservados e recuperando as áreas degradadas.

     

    O Seguinte: produziu vídeo com imagens do Facebook do Leonardo Ribeiro

     

    • cachoeirinha
      Dona Nadir, 70 anos, teve alta da COVID
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Homofóbico não é o Miki, é você; a bandeira rosa
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Morte aos 48; já são 8 em 7 dias
      por Redação
    • gravataí
      É frágil parecer do TCE que reprova contas de Marco
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Justiça suspende ’decreto do festerê’ em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Com COVID, Gelson grava vídeo chocante
      por Rafael Martinelli
    • política
      Anabel age conforme prega
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Miki limita horário para bares e festas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí libera atividades não-essenciais
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha vai abrir até bares, boates e cinemas
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.