notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 26/05/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    comitê de solidariedade

    Pedro Argemi foi levado até Marco e Zaffalon pelo vereador Roberto Andrade, que trabalhou durante 15 anos na Fitesa como técnico de processo industrial

    Gravataí solidária; hoje foram 50 mil máscaras e projeção de R$ 5 milhões para testes rápidos

    por Redação | Publicada em 30/03/2020 às 14h29| Atualizada em 30/03/2020 às 16h17

    A Fitesa está doando 50 mil máscaras ciruúrgicas para o Comitê de Solidariedade ao Enfrentamento do Coronavírus distribuir para os profissionais da saúde em Gravataí. O anúncio foi feito pelo gerente de vendas Pedro Argemi.

    – Nestes momentos difíceis, nossos empresários têm se mostrado solidários e preocupados com a situação do município – agradeceu o coordenador geral do Comitê, Luiz Zaffalon.

    A Fitesa também se comprometeu a doar matéria prima para a confecção de mais máscaras. Essa ação será feita em parceria com a Acigra e costureiras da cidade.

    – A Fitesa está sensibilizada com este momento difícil da saúde mundial. Por isso, a questão humanitária é a mais importante neste momento. Assim, além das máscaras, que vamos entregar de acordo com a produção, também vamos disponibilizar matéria-prima de acordo com a necessidade do município – disse Argemi.

    A Pirelli e a Prometeon estão em contato com suas gerências para fazer mais doações à cidade. A Dana vai doar 5 mil máscaras cirúrgicas importadas. A Ortobom estuda a entrega de colchões de solteiro e hospitalares.

    GM e TDK, empresas que já auxiliaram com máscaras e óculos de proteção, farão mais doações ao município. A TDK se colocou à disposição para produzir e fornecer solução anti-séptica (álcool 77%) para uso hospitalar e higienização das mãos.

    A GM, caso necessário, colocará a disposição da Prefeitura seus veículos, em forma de comodato, e fará doação de cestas básicas aos taxistas da cidade.

    Não são apenas as empresas que estão se empenhando na luta contra o Coronavírus. As instituições da cidade também ofereceram ajuda.

    A Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Gravataí (Acigra) está em campanha, em conjunto com o Comitê, para arrecadar doações em dinheiro. O objetivo é conseguir R$ 5 milhões, para a importação de, no mínimo, 50 mil testes rápidos para o Coronavírus.

    Para ajudar na arrecadação desse dinheiro, pode ser feita transferência bancária para a conta “PM Gravataí Solidar Coronavírus” na Caixa Federal, Agência: 2822 - dígito: 006, CC: 3529-0. Os telefones para enviar o comprovante de doação ou pedir informações são (51) 9 8925-8644 e 0800 689 5695.

    O Consulado do Grêmio em Gravataí está buscando formas de arrecadar cestas básicas para a comunidade. A equipe Azurra de Gincanas colocou-se à disposição para ajudar e o Clube Alvi Rubro ofereceu suas dependências para uso da Prefeitura, caso seja necessário.

    O prefeito Marco Alba, que é o presidente do Comitê, agradeceu o apoio da comunidade e mostrou que esse movimento é essencial.

    – Somos imensamente gratos a todas as instituições que estão dispostas a ajudar. Esse momento pede a união de todos para que possamos enfrentar com êxito a tarefa proteger as vidas da nossa gente. É assim que conseguiremos reforçar as estruturas da saúde e assistência social no municipal e oferecer um serviço adequado para todos.


    LEIA TAMBÉM 

    Banco de Alimentos de Gravataí precisa ajuda para atender os pobres

    • crise do coronavírus
      Uma máscara para 30 dias na UPA; vereador denuncia empresa terceirizada
      por Rafael Martinelli
    • 3º Neurônio | opinião
      Outro apocalipse: será impossível recuperar boa parte da vida que tínhamos antes da COVID 19 surgir?
      por John Gray | El País
    • crise do coronavírus
      Mais duas mortes pela COVID 19 em vizinho de Gravataí
      por Cristiano Abreu
    • crise do coronavírus
      Contágios em famílias de Gravataí mostram perigo do vírus; é homicídio, não suicídio
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí não terá ’apartheid escolar’; Marco Alba, proíba o governador de mandar alunos pobres para sala de aula!
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí não volta às aulas em junho; alerto para o ’apartheid escolar’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      5 profissionais da UPA de Gravataí tem COVID; é o ’novo normal’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Em nota, vereador de Gravataí reage à ’denúncia das fake news’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Governo federal não mandou respiradores para Gravataí; o ’plano B’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      A reinvenção do comércio de Gravataí; o exemplo do Doug
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Áudio de vereador está no Ministério Público em ’denúncia das fake news’; ouça
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Profissionais da UPA são testados para COVID 19; Gravataí tem 50 casos
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha supera Porto Alegre em incidência da COVID; um dia de 23 confirmações
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Cristiano Abreu | EDITOR | cristiano@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.