notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 03/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    mobilidade

    Prefeitura faz campanha de alerta dizendo que acidentes em calçadas irregulares são de responsabilidade dos proprietários dos lotes. FOTO | PMG

    Prefeitura faz ’pente-fino’ por calçadas seguras e com acessibilidade

    por Silvestre Silva Santos com assessoria | Publicada em 22/01/2020 às 11h16| Atualizada em 22/01/2020 às 19h19

    A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Smdur) de Gravataí está desenvolvendo uma operação de fiscalização das calçadas com o objetivo de assegurar a mobilidade das pessoas e adequar estes espaços às leis de acessibilidade. A fiscalização está percorrendo diversas ruas e avenidas do município e alguns proprietários já realizam melhorias nos passeios públicos.

    A responsabilidade por realizar a construção e manutenção dos passeios públicos é do proprietário, segundo alertam os técnicos do governo. A fiscalização é feita pela prefeitura, por meio de notificação e, se necessário, a autuação. Os fiscais estão notificando os proprietários de residências e de estabelecimentos comerciais para deixar o passeio em conformidade com as normas de acessibilidade.

    --- O poder público está fazendo a sua parte que é a fiscalização para proporcionar acessibilidade aos pedestres e às pessoas com deficiência física e visual. Todos os cidadãos precisam ter espaços livres em calçadas --- diz o secretário Cláudio Santos, da SMDUR.
     

    IMPORTANTE

     

    1

    A responsabilidade pela construção e manutenção dos passeios públicos é do proprietário do imóvel.

     

    2

    A fiscalização é feita pela Prefeitura que primeiro emite uma notificação e, quando é necessário, faz a autuação.

     

    3

    Os fiscais estão notificando proprietários de residências e estabelecimentos comerciais para que deixem o passeio em conformidade com as normas de acessibilidade.

     

    O foco da ação

     

    A fiscalização da secretaria de Desenvolvimento Urbano está desenvolvendo uma “força-tarefa” com ênfase para as vias em que houve investimento público para melhorias, as avenidas Jorge Amado, Itacolomi, Brasil e Centenário, por exemplo.

     

    - Por ser próxima da avenida Centenário, também entrou na relação a rua Adolfo Inácio Barcelos, no trecho entre a Casa dos Açores até o com junto rótula-pontes do Parque, segundo o titular da secretaria.

     

    COMO AGIR

     

    Quando é emitida uma notificação, usualmente é fixado um prazo de 30 dias para que o proprietário do terreno tome as medidas necessárias. O objetivo é conscientizar a população para construir ou corrigir as imperfeições conforme a Legislação.

    O padrão está estabelecido na Lei Municipal 3092/11 e pela norma de acessibilidade NBR9050. A multa só será expedida quando o proprietário se negar a executar a melhoria do passeio.

     

    Em caso de acidente

     

    Calçadas sem conservação podem ser causadoras de acidentes. A Legislação transfere ao proprietário do lote a responsabilidade de manutenção.

     

    2

    Desta forma, se existir a notificação por acidente de terceiros, à Prefeitura responsabilizará o dono do terreno por não ter mantido o espaço regular.

     

     

     

     

     

     

     

    • app TEU! Ônibus
      Aplicativo permite saber quando Transcal chega na parada
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Gravataí território livre da cloroquina; é fria, prefeito!
      por Rafael Martinelli
    • política
      O post feliz de Dilamar; apoio de Bordignon a Dimas não é
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Estado deixa Gravataí fora de programa de testagem e Prefeitura vai à Justiça; entenda a nova polêmica Marco Alba vs. Eduardo Leite
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Miki solta pitbull em Hospital de Campanha sob suspeita
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí em ’coma’ pela COVID; Mortes crescem 300 por cento e prefeito alerta paradas, interior e Moradas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Governador quer mais mãos para colorir o mapa da COVID; a lógica do ’Decreto-Pilatos’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Dimas e Evandro escorregam na poça d´água da política; mais guardas não é prioridade em uma pandemia
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Vídeo protesto: Associação Comercial faz terraplanismo contra distanciamento social em Cachoeirinha; alerta de cancelamento
      por Rafael Martinelli
    • política
      Em artigo bomba, Marco Alba apela para MDB deixar governo Leite; o ’capitalismo de compadres’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.