notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 08/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    codes

    Para o prefeito de Gravataí, Marco Alba, investimentos de R$ 65 milhões em obras viárias só foram possíveis graças à austeridade do seu governo

    Prefeito anuncia obras de Gravataí para 2020

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 11/12/2019 às 18h| Atualizada em 16/12/2019 às 10h47

    --- Apesar do contexto geral no que se refere à estrutura pública brasileira, seja no âmbito federal, estadual ou municipal, para nós o balanço que é possível fazer é que 2019 foi um ano bom para nós!

    A avaliação foi feita pelo prefeito Marco Alba (MDB) para o Seguinte: depois de encerrada a última reunião deste ano do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codes), realizada na manhã de hoje.

    --- A gente conseguiu fazer uma coisa que é muito importante, que é a entrega de obras para a população --- disse Alba, referindo-se a serviços e obras, principalmente.

    Marco Alba também disse que 2019 foi um ano para celebrações, comemorações, porque a Prefeitura conseguiu realizar obras que a comunidade reivindicava há muito tempo.

    O prefeito não fez referência, mas a grande obra do ano foi a duplicação das Pontes do Parque dos Anjos, obra entregue oficialmente ao trânsito de veículos no final da tarde de 1º de novembro passado.

    Na reunião desta quarta (11/12) do Codes a administração mostrou principalmente o que vem sendo realizado em termos de obras públicas. São investimentos da ordem de 65 milhões de financiamentos com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.

    Parte desse dinheiro – R$ 30 milhões – já foi investido principalmente em melhorias do sistema viário de Gravataí ao longo do ano que está terminando, e os R$ 35 milhões restantes devem ser aplicados na mesma área até o final do ano que vem, 2020.

     

    Foco no todo

     

    O Plano de Obras 2020 apresentado pelos secretários Paulo Martins e Alison Silva, respectivamente de Obras e Mobilidade Urbana, ao lado do engenheiro Guilherme Ósio, têm ênfase na melhoria do sistema viário de Gravataí.

    São trabalhos de infraestrutura como duplicação de vias, duplicação de pontes, substituição de galerias pluviais, abertura de novas ruas como a estrada Acimar Silva, asfaltamento e recapeamento asfáltico.

    O setor viário estava necessitando de investimentos de grande porte para atender a uma demanda reprimida, em alguns casos, ao longo dos últimos 30, até 40 anos, de acordo com os secretários e o próprio prefeito Marco Alba.

    --- Basta verificarmos a frota de veículos em circulação, atualmente, em Gravataí. Quando chegamos na Prefeitura em 2013 tínhamos algo em torno de 80 mil veículos. Hoje são cerca de 154 mil carros andando pelas ruas e avenidas da cidade --- disse o prefeito.

    Ele também pontuou que os investimentos que estão em andamento e os que ainda devem sair do papel ao longo do ano que vem fazem parte de um estudo minucioso que foi feito pensando no futuro do município.

    --- A nossa estratégia é olhar para o todo. Não tem nada planejado com caráter político ou populista, para agradar alguns --- assegurou o prefeito.

     

    SAINDO DO PAPEL

     

    O Plano de Obras 2019 – 2020

     

    31 quilômetros de pavimentação

    22 quilômetros de repavimentação

    93 vias urbanas recebendo investimentos

    Duplicação de 3 pontes

    Abertura de nova avenida estruturante

     

    Palavra de ordem

     

    Para que a Prefeitura chegasse à condição financeira que permitisse a realização de obras, mesmo que seja na forma de financiamentos, foi necessário manter austeridade, palavra que o prefeito Marco Alba usa com frequência.

    O controle dos gastos públicos e a realização de investimentos que reduziram despesas foram fórmulas empregadas para pagar R$ 300 milhões de dívidas herdadas de governos anteriores, segundo ele mesmo explica.

    --- Quando assumimos o comprometimento da Receita Corrente Líquida era de 56%. Ainda temos o que pagar de dívidas contraídas em governos passados e que a população sequer sabe onde foi parar o dinheiro.

    No caso do seu governo, Alba garante que a comunidade tem todas as condições de saber onde foi investido e quanto foi investido, mesmo no caso dos financiamentos que estão sendo contratados. Para a realização de obras.

    Ele voltou à carga lembrando que mesmo quitando dívidas, as já pagas e as que ainda têm que pagar, os financiamentos que a Prefeitura está contratando ficam muito aquém do volume financeiro que foi gasto sem que fossem feitas obras.

    --- Com tudo que pagamos, com o que ainda temos por pagar das dívidas herdadas, e com o dinheiro que estamos tomando emprestados agora... Com tudo isso devemos chegar ao final do nosso governo, no final do ano que vem, com um comprometimento de 20% a 22% da Receita Corrente Líquida. É uma brutal diferença daquilo que encontramos quando assumimos a prefeitura --- flechou o chefe do Executivo.

     

    Para o ano que vem

     

    A grande meta do prefeito para 2020 é a mesma que colocou em prática nos últimos anos de seu governo.

    --- Queremos continuar mantendo as rédeas bem curtas, manter o controle e o equilíbrio fiscal e financeiro. Temos que evitar qualquer descuido porque a porta da despesa já nasce larga --- falou, empregando metáforas.

    Diminuir as despesas, qualificando e melhorando a receita. Esta é a fórmula do bolo que o prefeito que colocar no forno no último ano de seu governo. Como já disse em outras ocasiões, para deixar o município “pronto para os próximos governantes”.

     

    Confira a matéria do Seguinte: em vídeo clicando na imagem abaixo. Depois, siga na leitura!

     

     

    TRÊS ESTRADAS

     

    Obras importantes em andamento:

     

    : Construção da Estrada Acimar Silva, na altura da parada 96 da RS-030, ligando esta rodovia estadual com a BR-290 (Freeway) através do trevo da GM, como é chamada popularmente a rótula de acesso ao complexo da montadora e à Estrada do Gravatá.

     

    : Ampliação, asfaltamento e implantação de obras de arte para escoamento pluvial da Estrada Neópolis (antiga Estrada Municipal, ligando a RS-020 a partir do bairro Neópolis à avenida Itacolomi, entre o campus da Ulbra e o Loteamento Alphaville.

     

    : Asfaltamento, alargamento e construção de obras de arte na Estrada Artur José Soares, ligando a RS-030 (bairro Sagrada Família) à RS-020 no distrito de Morungava. Nova rota que evita, por exemplo, a utilização da R$ -020 para chegar ao centro de Gravataí.

     

    Do estado

     

    1

    A administração municipal de Gravataí depende ainda da aprovação do governo do estado para concluir a rotatória na RS-030, altura da parada 103, de acesso à estrada Artur José Soares e, por consequência ao maior loteamento popular do Sul do Brasil (Breno Jardim Garcia) e ao distrito de Morungava.

     

    2

    O pedido da Prefeitura que quer firmar um acordo via Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) foi encaminhado há mais de três meses à autarquia, sem que tenha ocorrido qualquer manifestação definitiva. A ideia é que o município banque os custos da obra para depois ser ressarcido pelo estado.

     

    3

    Outra grande obra na mira do governo municipal é a duplicação da RS-020 entre a rótula de acesso às Moradas do Vale (antiga Traffo, avenida Gravataí) até o Parque dos Eucaliptos. Para isso necessita que a Assembleia Legislativa aprove projeto de lei municipalizando o trecho. O projeto já está na Comissão de Constituição e Justiça da Casa e deve entrar na pauta de votação ainda neste ano.

     

     

     

     

     

    • 3N | opinião
      Pedro Casaldáliga, o bispo dos esquecidos
      por Juan Arias | El País
    • coronavírus
      Os ’totalmente recuperados’ em Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • a cadeira assombrada
      A cassação antecipada em Viamão
      por Cristiano Abreu
    • cachoeirinha
      Dona Nadir, 70 anos, teve alta da COVID
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Homofóbico não é o Miki, é você; a bandeira rosa
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Morte aos 48; já são 8 em 7 dias
      por Redação
    • gravataí
      TCE reprova contas de Marco Alba; O Josef K. do dia
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Justiça suspende ’decreto do festerê’ em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Com COVID, Gelson grava vídeo chocante
      por Rafael Martinelli
    • política
      Anabel age conforme prega; sem campanha na rua
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Miki limita horário para bares e festas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí libera atividades não-essenciais
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha vai abrir até bares, boates e cinemas
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.