notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 06/12/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    saúde pública

    Campanha de vacinação contra o Sarampo tem a meta de imunizar quase 23 mil crianças de Gravataí e Cachoeirinha

    Tudo sobre a vacinação contra o Sarampo; meta é imunizar 23 mil crianças em Gravataí e Cachoeirinha

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 07/10/2019 às 17h28| Atualizada em 10/10/2019 às 10h31

    Se a meta na vizinha cidade de Cachoeirinha é vacinar cinco mil crianças na faixa etária que vai dos seis meses aos cinco anos incompletos, o que equivale a 95% do público alvo infantil, em Gravataí devem ser imunizadas quase 18 mil crianças já que o município tem mais que o dobro da população segundo a estimativa do IBGE. Também visando alcançar 95% deste público alvo.

    Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Gravataí o público infantil alvo da imunização soma exatamente 17.638 crianças. Já as metas – numéricas – para a Campanha de Vacinação contra o Sarampo que se iniciou nesta segunda-feira (7/10) e vai até 25 de outubro apontam para a imunização de 45.630 pessoas adultas, com idades entre 20 e 29 anos.

    O dia D da vacinação é no próximo dia 19.

    Em Gravataí estão disponíveis, hoje, 4.200 doses da vacina contra o sarampo, importante para prevenir doenças graves como a cegueira e infecções que podem até causar a morte.

    --- Mas há previsão de que sejam enviadas mais doses para o município. Importante é que nem todos precisam da vacina. Quem já fez, não precisa --- escreveu há pouco o secretário municipal de Comunicação e Governança de Gravataí, Luiz Fernando Aquino.

    Em Cachoeirinha o setor de imprensa da Prefeitura não soube dizer quantas doses da vacina serão disponibilizadas.

    --- As doses estão sendo enviadas pelo Ministério da Saúde por remessas. Então não há uma estimativa sobre quantas vacinas vão ser liberadas para Cachoeirinha, ainda, mas os responsáveis pela Secretaria da Saúde garantem que não vai faltar --- disse a assessoria de comunicação da Prefeitura.

     

    ONDE TEM

     

    Em Gravataí:

    - A vacinação está disponível em todas as unidades básicas da saúde (UBSs) e unidades da Saúde da família (USFs).

     

    Em Cachoeirinha:

    - A vacinação contra o Sarampo está sendo realizada pela secretaria municipal da Saúde em todos os 12 postos de saúde da Prefeitura.

     

    Público alvo

     

    No Brasil, a partir desta segunda está acontecendo nova Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em todos os postos de saúde, com foco em dois grupos:

     

    1

    O primeiro grupo compreende crianças de seis meses a cinco anos incompletos e vai até 25 de outubro. O dia D de vacinação vai ser em 19 de outubro.

     

    2

    Já o segundo grupo inicia dia 18 de novembro e será direcionado para adultos na faixa-etária de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia.

     

    3

    A meta é vacinar 2,6 milhões crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões adultos. Para isso, o Ministério da Saúde adquiriu 60,2 milhões de doses da vacina tríplice viral.

     

    4

    O governo federal quer vacinar 39,9 milhões de brasileiros, 20% da população, que hoje estão suscetíveis ao vírus do sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde.

     

    5

    Apesar da faixa etária de 20 a 29 anos concentrar a maior parte dos brasileiros (35%), são os menores de cinco anos o grupo mais suscetível para complicações do sarampo.

     

    6

    Nos últimos 90 dias o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo, sendo que 97% (5.228) deles estão concentrados em 173 municípios do estado de São Paulo.

     

    7

    Foram confirmados seis óbitos por sarampo no Brasil, sendo cinco em São Paulo e um em Pernambuco. Quatro em menores de um ano e dois em adultos, com 31 e 42 anos.

     

    8

    Na região são quatro os casos confirmados da doença, de acordo com a secretaria Estadual da Saúde. Dois em Gravataí e outros dois em Cachoeirinha.

     

    O ALERTA

     

    --- A vacina é um direito da criança. Ela não consegue ir sozinha a uma unidade de saúde para se vacinar. Pais, responsáveis, avós, verifiquem a caderneta de vacinação como ato de respeito e de amor. Se estiver incompleta, leve a criança para tomar a segunda dose. Se a criança não tiver tomado nenhuma, ela deve tomar a primeira dose e, na sequência, a segunda.

     

    Luiz Henrique Mandetta
    Ministro da Saúde

     

    Sobre o Sarampo

     

    :

    É uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. 

     

    :

    Os principais sintomas do sarampo são a febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso.

     

    :

    De três a cinco dias podem aparecer outros sinais e sintomas como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo.

     

    :

    Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças co menos de cinco anos de idade. 

     

    :

    O sarampo é uma doença prevenível por vacinação. Os critérios de indicação da vacina são revisados periodicamente pelo Ministério da Saúde e levam em conta características clínicas da doença, idade, ter adoecido por sarampo durante a vida, ocorrência de surtos, além de outros aspectos epidemiológicos. 

     

    Quem deve se vacinar contra o sarampo?

     

    Dose zero: Devido ao aumento de casos de sarampo em alguns estados, todas as crianças de seis meses a menores de um ano devem ser vacinadas (dose extra).

    Primeira dose:  Crianças que completarem 12 meses (um ano).

    Segunda dose: Aos 15 meses de idade, última dose por toda a vida.

     

    Adulto deve se vacinar contra o sarampo?

     

    Tomou apenas uma dose até os 29 anos de idade:

    Se você tem entre 1 e 29 anos e recebeu apenas uma dose, recomenda-se completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina

    Quem comprova as duas doses da vacina do sarampo, não precisa se vacinar novamente.

    Não tomou nenhuma dose, perdeu o cartão ou não se lembra?

    De 1 a 29 anos - São necessárias duas doses

    De 30 a 49 anos - Apenas uma dose

     

    Grávidas podem tomar a vacina?

     

    1

    A vacina é contraindicada durante a gestação pois são produzidas com o vírus do sarampo vivo, apesar de atenuado. A gestação tende a diminuir a imunidade da mulher, o que deixa o sistema imunológico mais vulnerável e, por isso, a vacina pode desenvolver a doença ou complicações.

     

    2

    O recomendado pelo Ministério da Saúde é que a mulher que faça planos de engravidar tome todas as doses da vacina antes, podendo esta ser a tríplice ou a tetra viral, e mantenha toda a rotina prevista no Calendário Nacional de Vacinação atualizada, para se proteger e proteger o bebê

     

    Para saber mais sobre o Sarampo, clique no site oficial do Ministério da Saúde.

     

     


     

    • 3º Neurônio | opinião
      A ditadura do sr. Guedes
      por Vladimir Safatle | El País
    • opinião
      Volnei prefeito; ’Partido-partido, é dos Trabalhadores’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Gestão de Paulo Silveira no PSB é um desastre
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Neri Facin será o patrão da Câmara de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Começa a obra do Comercial Zaffari na 118
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • entrevista
      Dilamar defende Rosane de ’emenda demagógica’
      por Rafael Martinelli
    • 3º Neurônio | comic con
      CCXP 2019 tem início e fãs invadem a feira!
      por Silvio Teixeira
    • opinião
      O dia em que Miki ’desistiu da eleição’; o menino da porteira de 2020
      por Rafael Martinelli
    • profissional de sucesso
      A Irmã Jane do Dom Feliciano abre seu coração
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • 3º Neurônio | ciência
      2019 encerra a pior década da crise climática
      por Manuel Planelles | El País
    • você sabia?
      Seu Imposto de Renda pode ajudar quem precisa
      por Redação
    • opinião
      Juíza erra ao cassar conselheira tutelar; ’Daiane Livre’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Presidência da Câmara: quem será o ’candidato de Marco Alba’? da novela ao acordo
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      A Rose de Cachoeirinha e o áudio-bomba do ’impeachment’ de Bolsonaro; o WhatsApp bombou
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Gabinete de Dirceu do Busato: apoio a Dimas foi para o VAR
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Ana para incendiar eleição; os outsiders na ferradura
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      PTB com Dimas é ’pênalti de concurso’; la mano de dios
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Marco Alba e Jones juntos é notícia; a metafísica da política
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.