notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 14/10/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    serviço público

    Provas de concurso público devem ocorrer até o final deste ano

    Prefeitura abre concurso em Gravataí; médicos são prioridade

    por Redação | Publicada em 29/09/2019 às 17h08| Atualizada em 11/10/2019 às 09h22

    A Prefeitura de Gravataí lança os editais de três concursos públicos e um processo seletivo nesta segunda-feira, 30. Ao todo são 43 cargos para o quadro estatutário e ainda nove áreas de profissionais contratados sob regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

    Serão selecionados médicos, técnicos de enfermagem, agentes de apoio em educação especial, professor de educação infantil, vigia de escola, topógrafo, agente de combate de endemias, agente administrativo e guardas municipais. A prova tem previsão para ocorrer ainda este ano, assim como a homologação dos resultados. Há vagas para todos os níveis de ensino, além da prova de títulos, dependendo dos cargos.

    O prefeito Marco Alba observa que as contas sob controle e as redução a dívida do município de 56% para 14%, de 2012 para 2018, de acordo com dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), permite o investimento no aumento do quadro funcional.

    - O bom desempenho fiscal, o melhor da história da prefeitura, cria um ambiente favorável para que possamos contratar novos servidores em áreas fundamentais, como saúde, educação e segurança pública - resume, em um momento em que Gravataí, pelo quinto ano consecutivo, está pagando o décimo terceiro de forma antecipada, a partir do próximo dia 20 de outubro.


    Prioridade é contratar médicos


    Apontada pelo prefeito como a principal demanda na área social e uma das prioridades do atual governo, a saúde está sendo contemplada com a contratação de 30 médicos - nove (9) médicos de saúde da família, nove (9) para clínicos, um (1) cardiologista, um (1) cirurgião-geral, um (1) gastroenterologista, quatro (4)  ginecologistas/obstetras, um (1) neuropediatra,  dois (2) traumato-ortopedistas, dois (2) pediatras.

    Também serão selecionados profissionais para cadastro reserva nas demais áreas, como médico do SAMU, dermatologista, médico do trabalho, epidemiologista, fisiatra, gastroenterologista pediátrico, geriatra, hermatologista, infectologista pediátrico, infectologista, nefrologista, neurologista, otorrinolaringologista, pneumologista, proctologista, psiquiatra da infância e adolescência, radiologista, reumatologista, ultrassonografista em ginecologia e obstetrícia, e urologista.

    Segundo o secretário municipal da Saúde Jean Torman, o foco desse concurso será restaurar a quantidade de atendimentos nas unidades, o que certamente facilitará, no caso das unidades básicas de  saúde (UBS's), a marcação de consultas via teleagendamento ou aplicativo (APP), que será lançado em breve pela Prefeitura, uma vez que as agendas acabarão sendo maiores com maior quantidade de profissionais disponíveis.

    Ainda para a área da saúde, especificamente, estão previstas também seis (6) vagas de técnico em enfermagem e cadastro reserva para técnicos em enfermagem ESF (Estratégia de Saúde da Família) e SAMU, agentes de combate a endemias, agentes comunitários de saúde, auxiliares de saúde bucal ESF, motorista da SAMU, enfermeiro de saúde da família, cirurgião dentista ESF.

     

    Quase 9 em cada 10 concursados

     

    Conforme o secretário municipal da Administração, Modernização e Transparência (Smat), Alexsandro Lima Vieira, a abertura de concursos e processos seletivos é fundamental, já que "é  a única forma que o município tem de contratar e preencher o seu quadro de trabalhadores".

    Atualmente, Gravataí possui mais de 90% do seu quadro, sendo 85% de concursados e 5%, aproximadamente de celetistas (contratados sob regime da CLT), o que somados chegam a cerca de 5 mil servidores. 

    - Isso nos dá uma rotatividade grande de pessoas e por isso a necessidade de termos banco de aprovados (por isso há cargos apenas para cadastro reserva).

    Alexsandro ainda destaca que há cargos neste concurso com número efetivo de vaga.

    As taxas de inscrição custam de R$ 50 a R$ 100, e a execução técnico-administrativa dos processos será realizada pela empresa Legalle Concursos e Soluções Integradas Ltda.

    A divulgação oficial do edital e das demais etapas dos concursos públicos se dará no Diário Oficial do Município e ainda nos sites da Prefeitura, clicando aqui, e da Legalle, clicando aqui.

     

    • história
      Uma reparação histórica sobre o Chafariz da Praça
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Rita é ’prefeita’, não ’prefeito’; PT reclama
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      A nova galeria dos prefeitos e vices de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Os problemas na duplicação da RS-118
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • 3º Neurônio | humor
      FRAGA | Ensanguarela do Brasil
      por Fraga
    • entrevista
      Será que Antônio Teixeira ainda é BOM?
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Como anda a mini-Ceasa de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      TSE mantém absolvição de 3 vereadores de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • glorinha
      Prefeito revoga ’gratificação da cassação’; deixa vereadora mal
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Onde foi o dinheiro?; Marco Alba cobra dos ex
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.