notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/02/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    rota turística

    Ponte de Morungava, próxima da prainha, vai ser duplicada para facilitar o tráfego de veículos já de olho na Rota Turística que o município está implantando

    Uma ponte para a Rota Turística

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 23/09/2019 às 18h21| Atualizada em 30/09/2019 às 18h42

    Com um discurso ‘inflamado’ e recheado de críticas à ineficiência do governo estadual e aos seus opositores políticos locais, o prefeito Marco Alba (MDB) assinou hoje a ordem de serviço para duplicação da ponte de Morungava, obra importante dentro das pretensões de criar em Gravataí uma “Rota Turística” facilitando a ligação entre Porto Alegre e a Serra Gaúcha com passagem pela aldeia dos anjos.

    A duplicação da travessia, orçada em cerca de R$ 1,9 milhão, vai ser realizada pela empreiteira Ecovilla Construções, a mesma que está fazendo a duplicação das pontes do Parque dos Anjos. De acordo com o documento assinado por Alba e entregue ao representante da Ecovilla, o prazo para entrega da obra é de seis meses a contar desta segunda-feira (23/9).

    Quem também comemorou a ordem de serviço para a realização da obra foi o vereador Alison Silva (MDB), ex-secretário de Mobilidade Urbana do município e que assumiu vaga no Legislativo no lugar de Nadir Rocha, afastado para tratamento de saúde. Alison deixará em definitivo seu nome como responsável técnico pelo projeto de engenharia, o primeiro do gênero desde que se formou em 1993.

     

    Predadores

     

    Marco Alba foi duro ao criticar empresários que “só pensam” no lucro fácil através da especulação imobiliária, e disse que não é só a indústria, o comércio e o setor de serviços que geram emprego. Chegou a dizer que estes não são empreendedores, mas “empredadores”, porque comercializam seus loteamentos sem se preocuparem com a geração de empregos ou com a infraestrutura da região.

    --- É para cá que Gravataí vai crescer, e temos certeza que fomentando o turismo nessa região, através da Rota Turística onde podem ser erguidos hotéis, restaurantes, e ser desenvolvido o turismo rural, por exemplo, estamos dando um grande passo para o crescimento do nosso município --- afirmou.

    E sentenciou:

    --- Precisamos explorar aquilo que temos de bonito e bom, que é a potencialidade do turismo rural e a nossa proximidade com a área tradicionalmente explorada neste sentido, que é a da Serra Gaúcha.

     

    A ROTA

     

    1

    A partir da BR-290 (Freeway) e com acesso no “trevo da GM” – acesso ao complexo da General Motors – está sendo construída a avenida Prefeito Acimar Silva, que vai facilitar a chega dos motoristas até a RS-030.

     

    2

    Pela RS-030, e a partir das imediações da parada 96, ao lado da sede da Sogil, o motorista deve se deslocar até a parada 103, onde a construção de uma rótula acertada com o governo do estado está paralisada há oito meses.

     

    3

    Da rótula da 103 na RS-030, o viajante deve seguir pela estrada Artur José Soares - cujo asfaltamento também deveria estar sendo executado pelo estado - até a RS-020, saindo em Morungava. E, daí, até a Serra Gaúcha.

     

    Transparência

     

    No discurso que fez, de quase meia hora, o prefeito Marco Alba voltou a bater forte em seus antecessores no comando da Prefeitura por não terem executado obras de importância para a comunidade, e citou a duplicação das pontes do Parque (na reta final) e da ponte de Morungava. Ele disse que foram políticos que endividaram o município e que governaram “para uma meia dúzia”, entre eles “os amigos”, e não para a população como um todo.

    O prefeito chegou a falar que o endividamento que recebeu quando assumiu o governo há sete anos seria suficiente para fazer 250 duplicações como a que autorizou pela manhã. E disse que foi dinheiro tomado da população cujo destino não foi tornado suficientemente claro. Com tom mais político assegurou que o seu primeiro mandato, de 2013 a 2016, foi melhor do que este segundo período como prefeito.

    --- É que a população não entende isso, e nem a gente pode culpar a todos por isso, mas no nosso primeiro governo pagamos R$ 250 milhões em dívidas, colocamos a casa em ordem e, agora, estamos colhendo os frutos do que ajeitamos lá atrás --- disse.

    Segundo Marco Alba, as obras que vêm sendo realizadas agora pelo seu governo, entre elas a duplicação e rótula das avenidas Jorge Amado, Brasil, Centenário, das pontes, revitalização de outras vias urbanas para ficar só no sistema viário, são resultado de contratos de financiamento, empréstimos tomados pelo município que vão resultar em benefícios direto para as pessoas.

    --- O que estamos fazendo aqui é projeto desde o nosso primeiro mandato. Porém, tivemos que arrumar a casa, pagar as dívidas e limpar o nome da Prefeitura para podermos contratar financiamentos e realizarmos obras tão importantes e necessárias como esta, que é a duplicação da ponte, onde atualmente passa apenas um carro por vez --- garantiu.

     

    Confira no vídeo (clique na imagem abaixo) a cobertura do Seguinte: sobre o ato realizado na manhã de hoje.

     

    EM ANDAMENTO

     

    - Duplicação das Pontes do Parque, sobre os arroios Demétrio e Passo dos ferreiros, entre as avenidas Centenário e Ely Corrêa.

    - Rótula do Aldeião, no entroncamento da avenida Centenário com Adolfo Inácio de Barcelos.

    - Avenida Prefeito Acimar Silva, de ligação da RS-030 com a Freeway a partir do trevo da General Motors.

    - Asfaltamento de 1,2 quilômetro da estrada Artur José Soares – obra que está sendo retomada nesta semana e que já deveria ter sido executada pelo governo do estado.

    - Asfaltamento da estrada municipal, agora Estrada Neópolis, entre a RS-020 e o Loteamento Alphaville.

    - Asfaltamento da estrada Lino Estácio dos Santos, no Rincão da Madalena, que deve ser anunciado nos próximos dias, também de aproximadamente 1,2 quilômetro.

     

    : Prefeito Marco Alba assinou ordem para duplicação da ponte

     

    : Vereador Alison: engenheiro assinou projeto técnico da obra

     

     

     

     

     

    • 3º Neurônio | opinião
      Cronofagia: o roubo do tempo, sono e ideias
      por Giuseppe Luca Scaffidi, em Dinamopress | Tradução: Antonio Martins | Outras Palavras
    • 3º Neurônio | ciência
      Por que é preciso proibir que manipulem nosso cérebro antes que isso seja possível
      por Javier Salas | El País
    • opinião
      As CPIs ’napoleão de hospício’ de Cachoeirinha; entendo Groucho
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Não tem Jesus para crise dos médicos em Gravataí; nem arminha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Nada no Mato do Júlio será feito ao arrepio da lei ambiental; herdeiros escrevem
      por Rafael Martinelli
    • volta às aulas
      30 mil voltam às aulas na rede municipal nesta quarta
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • 3º Neurônio | opinião
      Nunca um presidente foi tão vulgar com uma mulher. Espere o efeito bumerangue
      por Carla Jimémez | El País
    • opinião
      ’Trolador da Globo’ faz vídeos para Anabel em Gravataí; a esquerda vive
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      GM não faz festa na produção do carro 4 milhões
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Acordo do Mato do Júlio é bom negócio; Greta Thunberg fica para amanhã
      por Rafael Martinelli
    • volta às aulas
      Tuiuti perde 400 alunos por causa dos prédios interditados
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      Justiça cassa liminar que suspendia licitação do lixo em Cachoeirinha; o Dr. Golpeachment
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      CPI pode levar a rombo milionário em Cachoeirinha; não é ’jeitinho’, e sim alerta a quem paga
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O custo do pórtico de Gravataí é fake news!
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Câmara de Viamão vota abertura de impeachment do prefeito
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Gravataí perde com sapos na frigideira; governo e oposição
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Todos contra o pedágio de Marchezan!; sorriam empresas de ônibus, vocês terão seu aumento
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Dimas não se escondeu após escândalo que envolveu aliado; a I Eleição das Fake News
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Silêncio é pena capital para prefeito afastado em Viamão; o herói incômodo
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Zaffalon, cada vez mais o prefeiturável de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Pablo Hernandez agora é E-E-Eymael; a tara e o assombro dos ’petralhas’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Político de Gravataí envolvido em suspeita de corrupção em Viamão
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Questões sobre a CPI do Lixo; do Fantástico ao Zorra Total
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Por que Gravataí ainda não abriu a ’creche de Jornal Nacional’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.