notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/02/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    justiça restaurativa

    Ação é uma iniciativa conjunta do Juizado da Infância e Juventude de Gravataí, Prefeitura de Gravataí e Gensa

    Pessoas que resolvem conflitos em Gravataí

    por Redação | Publicada em 19/09/2019 às 14h13| Atualizada em 19/09/2019 às 18h09

    Em outubro de 2016, nascia o grupo de facilitadores de Justiça Restaurativa Aldeia da Paz, iniciativa conjunta do Juizado da Infância e Juventude de Gravataí, ligado ao Tribunal de Justiça, Prefeitura de Gravataí e Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos (Gensa). 

    Inicialmente o grupo formou 12 pessoas, em grande maioria de servidores municipais que foram responsáveis pela implantação de diversos círculos em situações conflitivas e preventivas de conflitos nas seguintes áreas; saúde, educação, assistência social, relações familiares e domésticas, atendimentos a infância e juventude e assistência ao idoso.

    O projeto incluiu aulas teóricas e práticas em espaços disponibilizados pelo Colégio Gensa, onde são atendidas diversas demandas oriundas dos serviços municipais, da comunidade local e de processos judicializados, com supervisão permanente dos facilitadores, articulação em rede e constante reavaliação participativa de todos os integrantes com o fim de formar um legado de cultura de paz no município.

    O projeto tem também Círculos de Construção de Paz (CCP) nas escolas de Gravataí, concebidos como um projeto especial de prevenção de conflitos e incentivo a espaço de escuta e tomada de decisões compartilhadas por todos os que participam da comunidade escolar.

    Recentemente três dos 12 facilitadores da Aldeia da Paz foram formados como Instrutores de CCP em um curso de 40hs da Ajuris, em Porto Alegre. Com esse objetivo de disseminação/multiplicação das práticas restaurativas em Gravataí está sendo oportunizado a 1ª Formação de Facilitadores de Círculos de Construção de Paz, a ocorrer no município de Gravataí, realizado pela equipe de Facilitadores/Instrutores da Aldeia da Paz, público alvo são os servidores do município.

     

    OS COMPONENTES

    : Andreia Lolli, facilitadora e instrutora de CCP;

    : Diana De Bem;

    : Cíntia Tedesco;

    : Eva Rodrigues;

    : Janaína Lúcia;

    : Jaqueline Reis, facilitadora e instrutora de CCP;

    Luciana Barcellos Tegiacchi;

    Raquel Dell Osbel;

    Renata Zomer, facilitadora e instrutora de CCP;

    Rosane Kindlain Wienandts ;

    Tiago Giorgi Von Muhlen;

    Vânia Sarate.

    • 3º Neurônio | opinião
      Cronofagia: o roubo do tempo, sono e ideias
      por Giuseppe Luca Scaffidi, em Dinamopress | Tradução: Antonio Martins | Outras Palavras
    • 3º Neurônio | ciência
      Por que é preciso proibir que manipulem nosso cérebro antes que isso seja possível
      por Javier Salas | El País
    • opinião
      As CPIs ’napoleão de hospício’ de Cachoeirinha; entendo Groucho
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Não tem Jesus para crise dos médicos em Gravataí; nem arminha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Nada no Mato do Júlio será feito ao arrepio da lei ambiental; herdeiros escrevem
      por Rafael Martinelli
    • volta às aulas
      30 mil voltam às aulas na rede municipal nesta quarta
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • 3º Neurônio | opinião
      Nunca um presidente foi tão vulgar com uma mulher. Espere o efeito bumerangue
      por Carla Jimémez | El País
    • opinião
      ’Trolador da Globo’ faz vídeos para Anabel em Gravataí; a esquerda vive
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      GM não faz festa na produção do carro 4 milhões
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Acordo do Mato do Júlio é bom negócio; Greta Thunberg fica para amanhã
      por Rafael Martinelli
    • volta às aulas
      Tuiuti perde 400 alunos por causa dos prédios interditados
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      Justiça cassa liminar que suspendia licitação do lixo em Cachoeirinha; o Dr. Golpeachment
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      CPI pode levar a rombo milionário em Cachoeirinha; não é ’jeitinho’, e sim alerta a quem paga
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O custo do pórtico de Gravataí é fake news!
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Câmara de Viamão vota abertura de impeachment do prefeito
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Gravataí perde com sapos na frigideira; governo e oposição
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Todos contra o pedágio de Marchezan!; sorriam empresas de ônibus, vocês terão seu aumento
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Dimas não se escondeu após escândalo que envolveu aliado; a I Eleição das Fake News
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Silêncio é pena capital para prefeito afastado em Viamão; o herói incômodo
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Zaffalon, cada vez mais o prefeiturável de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Pablo Hernandez agora é E-E-Eymael; a tara e o assombro dos ’petralhas’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Político de Gravataí envolvido em suspeita de corrupção em Viamão
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Questões sobre a CPI do Lixo; do Fantástico ao Zorra Total
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Por que Gravataí ainda não abriu a ’creche de Jornal Nacional’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.