notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/02/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    ouvidoria

    Atendimento é feito em multiplataformas desde 2013

    Como reclamar ou pedir orientações para a Prefeitura

    por Redação | Publicada em 13/09/2019 às 15h42| Atualizada em 16/09/2019 às 10h56

    A Prefeitura de Gravataí oferece os atendimentos da Ouvidoria Geral do Município. É um canal de comunicação recíproca onde os moradores podem reivindicar ações, tirar as suas dúvidas e fazer sugestões. Os serviços foram implantados em 2013.

    As ouvidorias operam em multiplataformas. Além da possibilidade de ser acionadas pelo site da Prefeitura, os cidadãos podem recorrer ao contato telefônico, via e-mail ou presencial.

    – Trabalhamos sempre no sentido de melhorar o acesso da população ao atendimento. A internet é o canal mais utilizado. Em 2018, tivemos pouco mais de dois mil processos de Ouvidoria divididos entre denúncias, reclamações, elogios, sugestões e Lei de Acesso à Informação. Em 2019, este número já está em 1,6 mil – diz Alessandra Travi, diretora municipal de Transparência.

    Por meio das solicitações os munícipes podem denunciar práticas de comércio ilegal, problemas na rede de saneamento, descarte irregular de resíduos, intervenções viárias, dentre outras. Caso os problemas não possam ser solucionados na Ouvidoria Geral, os moradores são direcionados às pastas correspondentes.

    – A Ouvidoria é de extrema importância para o município. É um espaço de cidadania e transparência, que permite à gestão pública tornar-se mais eficiente na concretização dos seus objetivos e nos aperfeiçoamentos das necessidades dos munícipes – acrescenta Alessandra.

    A Ouvidoria Geral do município atende na sede oficial de governo, localizada na Avenida José Loureiro da Silva, 1.350, região central de Gravataí. O atendimento ao público ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h. O número de contato é o (51) 3600.7028.

     

    Saúde tem Ouvidoria própria

     

    Em virtude da vasta demanda de solicitações, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) é uma das pastas que possuem a sua própria central de ouvidoria. Todas as reivindicações podem ser informadas pelo telefone (51) 3600.7195 ou presencialmente.

    A sede da SMS fica na Avenida Ely Corrêa, 735, no Parque dos Anjos. O atendimento é das 12h30 às 18h.

    • 3º Neurônio | opinião
      Cronofagia: o roubo do tempo, sono e ideias
      por Giuseppe Luca Scaffidi, em Dinamopress | Tradução: Antonio Martins | Outras Palavras
    • 3º Neurônio | ciência
      Por que é preciso proibir que manipulem nosso cérebro antes que isso seja possível
      por Javier Salas | El País
    • opinião
      As CPIs ’napoleão de hospício’ de Cachoeirinha; entendo Groucho
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Não tem Jesus para crise dos médicos em Gravataí; nem arminha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Nada no Mato do Júlio será feito ao arrepio da lei ambiental; herdeiros escrevem
      por Rafael Martinelli
    • volta às aulas
      30 mil voltam às aulas na rede municipal nesta quarta
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • 3º Neurônio | opinião
      Nunca um presidente foi tão vulgar com uma mulher. Espere o efeito bumerangue
      por Carla Jimémez | El País
    • opinião
      ’Trolador da Globo’ faz vídeos para Anabel em Gravataí; a esquerda vive
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      GM não faz festa na produção do carro 4 milhões
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Acordo do Mato do Júlio é bom negócio; Greta Thunberg fica para amanhã
      por Rafael Martinelli
    • volta às aulas
      Tuiuti perde 400 alunos por causa dos prédios interditados
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      Justiça cassa liminar que suspendia licitação do lixo em Cachoeirinha; o Dr. Golpeachment
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      CPI pode levar a rombo milionário em Cachoeirinha; não é ’jeitinho’, e sim alerta a quem paga
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O custo do pórtico de Gravataí é fake news!
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Câmara de Viamão vota abertura de impeachment do prefeito
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Gravataí perde com sapos na frigideira; governo e oposição
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Todos contra o pedágio de Marchezan!; sorriam empresas de ônibus, vocês terão seu aumento
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Dimas não se escondeu após escândalo que envolveu aliado; a I Eleição das Fake News
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Silêncio é pena capital para prefeito afastado em Viamão; o herói incômodo
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Zaffalon, cada vez mais o prefeiturável de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Pablo Hernandez agora é E-E-Eymael; a tara e o assombro dos ’petralhas’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Político de Gravataí envolvido em suspeita de corrupção em Viamão
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Questões sobre a CPI do Lixo; do Fantástico ao Zorra Total
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Por que Gravataí ainda não abriu a ’creche de Jornal Nacional’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.