notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/08/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    gravataí

    Prefeito enviou à Câmara de Vereadores projeto pedindo autorização para obra

    No que Gravataí vai usar 20 milhões de financiamento

    por Redação | Publicada em 20/03/2019 às 21h21| Atualizada em 26/03/2019 às 12h06

    A Prefeitura de Gravataí protocolou na Câmara de Vereadores, nesta quarta-feira, um projeto de lei que autoriza a contratação de um financiamento para infraestrutura e saneamento, junto à Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 20 milhões. O recurso será utilizado para a construção de um complexo educacional para alunos com necessidades especiais, de uma escola de educação fundamental no loteamento Breno Jardim Garcia, da estrada de ligação da RS-030 à BR-290 (Freeway) e asfaltamento das ruas Angélica Apolo e Carlos Gardel, no São Vicente, e Estrada Artur José Soares.

    O projeto que empolga o prefeito é o centro para os especiais. 

    - Vamos concentrar três serviços distintos que, hoje, funcionam em prédios alugados ou não tem sede própria, carecendo de adequações de infraestrutura.

    Marco Alba se refere a Escola de Educação Especial (Cebolinha), a Escola de Educação Especial para Surdos e o Centro de Atendimento Educacional Especializado. 

    - Tivemos que usar todo o primeiro mandato para arrumar a casa, para só agora termos fôlego não só para fazer as obras estruturais que o município precisa, como também para individá-lo de uma forma consciente, de acordo com aquilo que temos capacidade real de pagar - explica.

    E tem as outras obras.

    Cerca de 700 alunos, desde a Educação Infantil (pré-escola) até o Ensino Fundamental (9º ano), serão beneficiados com a construção de uma escola no loteamento Breno Jardim Garcia. Esta deverá ser a primeira obra realizada com o recurso adquirido.

    Também serão contempladas obras ansiosamente aguardadas pela comunidade, como a pavimentação de 1.150 metros da Estrada de Ligação da RS-030 à BR-290; o asfaltamento das ruas Angélica Apolo (com 750 metros) e Carlos Gardel (com 620 metros), no bairro São Vicente; e o asfaltamento de 4 quilômetros da Estrada Artur José Soares.

    O projeto, se aprovado, também anula a Lei nº 3.916/17, revogando a autorização para contratação junto a “CAF – Corporação Andina de Fomento”, cujo projeto, apesar de ter tido tramitação completa e aprovada, restou inviabilizado no ano de 2017.

    As ações e investimentos previstos agora, bem como outras já em execução, como as Pontes do Parque dos Anjos e a Usina de Asfalto, também constituíam o escopo do financiamento pretendido junto à CAF, de modo que torna desnecessária e desinteressante ao interesse público a permanência da vigência daquela lei.

    • opinião
      Aprovado novo plano de saúde dos servidores de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Mil por emprego na ’GM’; sindicato sob pressão
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Expoagas ignora crise e vende R$ 539 milhões
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • personagens
      Carlos Arthur: força do esporte para o hall da fama mundial
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Sônia Oliveira vai comandar MDB; e a sucessão?
      por Rafael Martinelli
    • doação
      Cobertores ajudarão casas terapêuticas nas noites frias
      por Redação
    • opinião
      A reunião misteriosa do PDT; entreguem os celulares!
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Uma saída para o ’menos médicos’ em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      PT pode lançar Vitalina e Rose para Prefeitura de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Ressuscitando Abílio
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O oportunismo de políticos de Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • trânsito seguro
      Agentes vão filmar abordagens no trânsito
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • gravataí e cachoeirinha
      ’Vereador de bairro’ e em lista em 2020
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      ’A Fazenda’ ou ’Centrão’, alguém fica de fora na aliança de Dimas
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Emenda ruim atrasa votação do ISSEG
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Sobre comemorar morte e decapitação
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O sincericídio de Anabel; atrás do muro, não!
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Não é game over de dinheiro da Prefeitura para ISSEG
      por Rafael Martinelli
    • eleição 2019
      A lista de quem pode concorrer ao Conselho Tutelar
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Anabel também vai para trás do muro? Postou e apagou Lula
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Áureo assume Mobilidade; na fila para Prefeitura
      por Rafael Martinelli
    • tecnologia da informação
      AGTI faz de Gravataí um Vale do Silício
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • panificação
      Uma indústria que só cresce em Gravataí e Cachoeirinha
      por Silvestre Silva Santos
    • coluna do silvestre
      O novo Asun de Gravataí quer expandir a rede
      por Silvestre Silva Santos
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.