notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/01/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    caso da maconha

    Drogas foram encontradas em pavilhão pertencente a vereador de Gravataí

    Vereador diz à polícia que alugava pavilhão da maconha

    por Eduardo Torres | Publicada em 04/09/2018 às 11h54| Atualizada em 17/09/2018 às 16h07

    O vereador Mário Peres (PSDB) já foi ouvido pela polícia e confirmou que o imóvel onde estavam os 720kg de maconha — recorde de apreensão da Polícia Civil gaúcha no ano —, na Vila Rica, três semanas atrás, era dele. De acordo com o delegado Rafael Sobreiro, Peres disse que atualmente alugava o local. O responsável pelo inquérito evita comentar detalhes sobre o depoimento, e confirma que o vereador segue entre os investigados.

    — Já ouvimos seis pessoas e ainda faremos mais oitivas e depoimentos. Não temos um prazo determinado para conclusão do inquérito, que deve ir longe — aponta Sobreiro.

    Além da droga, na ação do dia 14 de agosto, os agentes da 2ª DP de Gravataí apreenderam dois caminhões, dois carros e uma moto. Agora, o posicionamento das perícias será fundamental para o andamento da investigação. É que, pelo menos um dos caminhões a polícia já sabe que era roubado e clonado. Restam as perícias para comprovar as origens dos demais veículos.

     

    LEIA TAMBÉM

    OPINIÃO | Mário Peres, entre a polícia, a Câmara e a facção

    Vereador será investigado no caso da maconha

    EXCLUSIVO | Vereador de Gravataí diz que alugava prédio da meia tonelada de maconha

     

    Mas não é só isso. A polícia solicitou ainda levantamentos de digitais e perícias ambientais em relação ao poço artesiano e às rinhas de galo constatadas no mesmo imóvel.

    Conforme o delegado, ainda é cedo, inclusive, para relacionar a droga apreendida a uma facção criminosa que tem um dos seus pontos nevrálgicos na Morada do Vale.

    — Ainda não temos nenhum elemento conclusivo que aponte quem era o grupo responsável pelo armazenamento da maconha. Nosso primeiro passo é investigar quais os envolvidos com a guarda da maconha, com o transporte e a distribuição, para só depois determinarmos possíveis ramos maiores nesta rede — explica.

    Os mais de 30 tabletes da droga encontrada no pavilhão tinham um adesivo supostamente relacionado à facção criminosa. Quando os policiais chegaram ao imóvel, a droga estava em um caminhão, provavelmente chegando para o armazenamento e distribuição.

    • rs
      Ninguém de Gravataí no governo Leite
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Um mês para APPs dizerem como cuidam seus motoristas
      por Eduardo Torres
    • segurança
      O debate fetichista sobre a redução da maioridade
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Ulbra Gravataí demite um quinto dos professores
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      App leva profissionais da beleza até você
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • habitação
      Moradores querem financiar casas da Granja em 35 anos
      por Eduardo Torres
    • educação
      Kit escolar da Prefeitura tem data para ser entregue
      por Silvestre Silva Santos
    • polêmica
      Gravataí e Cachoeirinha podem ter armas liberadas
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Outro baleado, mas poucos motoristas param na região
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Farda não garante santidade; promoção, talvez
      por Rafael Martinelli
    • crime na saúde
      MP detalha repasses do Gamp e empresa de Gravataí
      por Eduardo Torres
    • freeway
      Marco Alba comemora troca de praça do pedágio
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Stédile, irmão de líder do MST é secretário de Leite; a verdade
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      CCR confirma mudança do pedágio
      por Silvestre Silva Santos
    • segurança
      Contra violência, motoristas de aplicativos prometem parar
      por Eduardo Torres
    • parceria público-privada
      RS-020 será concedida com pedágios
      por Rafael Martinelli
    • investigação
      MP faz conexão da investigação no Inter com Gravataí
      por Eduardo Torres
    • luto
      Não podemos ser como o Vilmar?
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Conheça os números da criminalidade em Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • cultura
      Em Cachoeirinha, a leitura tem parada obrigatória
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.