notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/01/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    cultura & arte

    Oficina “Princípios do Butoh” e espetáculo “Caminhos Pelos Quais” estão na programação dos próximos dias - sábado e domingo - no Sesc de Gravataí

    Sesc promove espetáculos da cultura japonesa

    por Silvestre Silva Santos com assessoria | Publicada em 25/04/2018 às 17h51| Atualizada em 28/04/2018 às 19h43

    O final de semana será movimentado pela cultura japonesa no Sesc Gravataí. Nesta sexta-feira (27/4), acontece a oficina Princípios do Butoh, a partir das 18h, na Sala Multiuso do Sesc local.

    Ministrada pela bailarina gaúcha Ana Medeiros, que conta com a experiência de três residências com o mestre Yoshito Ohno, a atividade tem inscrições gratuitas que devem ser feitas através do site do Sesc. Clique aqui para acessar.

    Já no sábado (28/04), às 20h, Ana Medeiros sobe ao palco do Teatro do Sesc ao lado de Hiroshi Nishiyama (Japão) para apresentar o espetáculo "Caminhos Pelos Quais". O ingresso é um um quilo de alimento não perecível a ser doado ao Mesa Brasil.

     

    Danças tradicionais


    O Butoh é uma das danças mais características do Japão. Surgido no pós-guerra da década de 1950. Trazido ao Rio Grande do Sul de forma exclusiva por Medeiros, todo o conhecimento da modalidade tem sido apresentado através de eventos  como workshops e cursos intensivos.

    Dividir com as pessoas a essência da dança Butoh é uma das motivações da bailarina ao ministrar suas aulas. A coreógrafa explica que, no ato de ensinar, é preciso ter a humildade de aceitar o que não se sabe.

    --- Sentir o coração se torna o canal em que os ensinamentos de Yoshito começam a ecoar dentro de mim. É a partir daí que começamos as aulas --- afirma.

     

    Dois mundos

     

    O espetáculo "Caminhos Pelos Quais", é o novo projeto de Ana Medeiros que celebra e democratiza o conhecimento e o ensino da dança japonesa. O convidado especial para esta programação é o bailarino japonês Hiroshi Nishiyama.

    Ao longo de mais de 20 anos ele já teve a oportunidade de dançar com ícones como o próprio Kazuo Ohno. É um trabalho nascido das experiências de dois mundos: Brasil e Japão.

    A dança revela os sons e a alma do Brasil entrelaçados com a linguagem misteriosa e nostálgica de Butoh. Sob a direção de Yoshito Ohno, os dançarinos são conduzidos à experiências esquecidas ecoando os tempos conflitantes em que vivemos.

     

    IMPORTANTE

     

    Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (51) 3497-6174, no site e na página do Serviço Social do Comércio.

     

     

      

    • segurança
      Carros da 99 POP terão câmeras de segurança
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      GM diz que pode fechar fábrica de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • segurança
      Fotógrafo foi morto por dívida em Cachoeirinha
      por Eduardo Torres
    • em Brasília
      Marco Alba trata do Complexo de Educação Especial
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Pedágio volta dia 15 mais caro do que o anunciado
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O último ano dos canudos plásticos em Gravataí
      por Eduardo Torres
    • 2020
      ’Bolsonaro da Aldeia’ na briga pela Prefeitura
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Corte de dinheiro para Carnaval é aprovado; exceto por petistas
      por Rafael Martinelli
    • governo bolsonaro
      Marco Alba em Brasília; sem embaixador
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Moro foi bem na GloboNews; já é um político
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Gravataí não vai liberar dinheiro para escola de samba
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Uma em cada quatro armas legais é roubada no RS
      por Eduardo Torres
    • rs
      Ninguém de Gravataí no governo Leite
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      O que será feito para salvar Ubers da violência
      por Eduardo Torres
    • segurança
      O debate fetichista sobre a redução da maioridade
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Ulbra Gravataí demite um quinto dos professores
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      App leva profissionais da beleza até você
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • habitação
      Moradores querem financiar casas da Granja em 35 anos
      por Eduardo Torres
    • polêmica
      Gravataí e Cachoeirinha podem ter armas liberadas
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Farda não garante santidade; promoção, talvez
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      RETRÔ 2018 | Sem guerra das facções, na mira dos grandões
      por Eduardo Torres
    • economia
      RETRÔ 2018 | A volta dos investimentos na região
      por Eduardo Torres
    • meio ambiente
      RETRÔ 2018 | O preço do futuro preservado
      por Eduardo Torres
    • política
      RETRÔ 2018 | Do limão eleitoral à limonada política
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.