notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 15/11/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    contas

    Aneel propõe aumento superior a 19% nas contas de luz da região

    Hora de discutir o tarifaço proposto para a conta de luz

    por Redação | Publicada em 18/04/2018 às 10h52| Atualizada em 20/04/2018 às 13h05

    Prepare o bolso. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propõe um aumento superior a 19% nas contas de luz dos consumidores atendidos pela RGE. Antes do aumento, que valeria a partir de junho, haverá uma audiência pública em Caxias do Sul, no dia 26 de abril. Na véspera, às 14h do dia 25 de abril (quarta-feira), será o momento dos usuários — representados por sindicatos, associações, federações e câmaras de indústria e comércio, produtores rurais e pelo poder público — discutirem e entenderem a conta da agência reguladora, em uma audiência convocada pelo Conselho de Consumidores da RGE, também em Caxias do Sul, na Serra.

    — É imprescindível a presença de todos os segmentos da sociedade neste encontro preparatório para a audiência pública. Se aprovado o aumento poroposto pela Aneel, a economia de toda a região será impactada em mais de R$ 800 milhões, entre junho de 2018 e maio de 2019. As regras da nossa despesa com energia elétrica até 2023 estão em jogo — afirma o presidente do Conselho de Consumidores da RGE, Claiton Gaieski Pires.

    Além de apresentar o aumento nas contas, a Aneel apresentará as regras para o sistema nos próximos cinco anos. Pela proposta da agência, o maior peso darevisão tarifária atingiria os consumidores de baixa tensão, como o pequeno comércio, com média de 19,77% de aumento entre os 255 municípios que seriam atingidos pela medida. Para consumidores residenciais, a média seria de 19,73%, e para industriais, de alta tensão, 19,05%.

    Durante a reunião do conselho, o engenheiro Jenner Ferreira prestará consultoria gratuita para traduzir o tarifaço. Conforme o conselho, o grande problema está na fórmula de cálculo dos juros que remuneram os investimentos das concessionárias. Ao invés de reduzirem conforme a queda da taxa Selic nos últimos meses, continuaram incidindo em 8,09%.

    — A Aneel descumpriu o próprio regulamento, ainda que decidindo de forma colegiada — aponta Pires.

    Segundo ele, a possibilidade de reduzir o tarifaço dependerá diretamente da participação popular na audiência pública. 

    — Como a energia elétrica tem peso significativo no custo da produção, há impactos imediatos na competitividade das indústrias e, por consequência, no desempenho do comércio e dos serviços. O Rio Grande do Sul se tornará ainda menos atrativo para investimentos externos — diz o presidente do conselho.

    No âmbito dos municípios, além do óbvio crescimento da pressão nas contas públicas, há o risco iminente de disparada no desemprego e, com ele, da insegurança pública. Já para o setor rural, o principal questionamento envolve os investimentos para garantir a qualidade do fornecimento de energia, que devem ser avaliados quanto a frequência e duração das interrupções. 

    — E finalmente, temos o consumidor residencial, que mais uma vez será o mais impactado. Não apenas em sua própria conta de luz, que já se tornou um dos principais itens do orçamento familiar, mas também nos reflexos que esse aumento trará aos demais custos da casa. O consumidor terá de absorver todo o repasse dos fabricantes no preço final dos produtos e serviços — conclui Claiton Gaieski Pires.

     

    FICA ATENTO

    Encontro preparatório para a revisão tarifária

    Quarta (25), das 14h às 15h30min

    Na sede da RGE Caxias do Sul (Rua Mario de Boni, 1902 - Bairro Floresta)

    Participação gratuita

    Informações pelo conselhodeconsumidoresrge@cpfl.com.br

     

    Audiência pública para revisão tarifária

    Quinta (26), a partir as 8h30min

    No auditório da Câmara de Indústria, Comércio e Serviço (CIC), de Caxias do Sul

    Partcipação gratuita

    Informações pelo comunicacao2@cic-caxias.com.br ou pelo telefone (54) 32188068.

     

    • saúde
      Frente de prefeitos reage a saída de médicos cubanos
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Hoje até vereador comemora médicos indo embora
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Todo sábado é dia para adotar um pet na Sperk
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • meio ambiente
      COM VÍDEO | A nossa lista vermelha da extinção
      por Eduardo Torres
    • trânsito
      Fim da tranqueira no trânsito está mais próximo
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Saída de médicos cubanos é desastre para Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      OPINIÃO | Não façam Bordignon ’Miss Colômbia’ outra vez
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      Cobrança pela água do Gravataí pode gerar R$ 9 mi em um ano
      por Eduardo Torres
    • desejo azul
      Gremistas entregam alegria para crianças doentes
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • seu bolso
      OPINIÃO | Silvio Santos é um velho babão
      por Rafael Martinelli
    • cachoeirinha
      Asfalto em 33 ruas é símbolo para governo Miki
      por Rafael Martinelli com assessoria
    • educação
      OPINIÃO | O big brother da escola sem partido em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • história
      A história da Cachoeirinha do primeiro pedágio
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      ‘Jardins do pesadelo’ estão perto do fim?
      por Silvestre Silva Santos
    • política
      OPINIÃO | 25 nomes para prefeitura de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • polícia
      Jovem executado por engano em hospital era de Cachoeirinha
      por Silvestre Silva Santos
    • vereadores
      Quem leva a presidência da câmara de Gravataí?
      por Rafael Martinelli
    • gravataí
      OPINIÃO | Aumento para os vereadores? Não recomenda-se
      por Rafael Martinelli
    • 2020
      OPINIÃO | A sucessão nas mãos de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.