notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/02/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    teleagendamento

    Em três meses, mais de mil pessoas agendaram consulta e não compareceram

    Mais de 10 por dia faltam a consultas em Gravataí

    por Redação | Publicada em 02/02/2018 às 17h34| Atualizada em 05/02/2018 às 17h36

    Mais de 1000 faltaram a consultas em três meses. Prefeitura implantou linha exclusiva para aviso de desistências, o que dá lugar para outras pessoas que estão na fila

     

    Nos últimos três meses, 11,3 mil consultas foram marcadas através do serviço da Central de Teleagendamento, inaugurado em setembro de 2016 pela Prefeitura e que funciona para cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS). Um dado, porém, chama a atenção: no último trimestre, houve cerca de mil abstenções, pacientes que marcaram o atendimento médico e não compareceram, caracterizando quase 9% das consultas marcadas.

    A coordenadora do Teleagendamento da Secretaria da Saúde (SMS), Simone Lourenci, explica que, desde dezembro de 2017, existe um número para desistências, o 3600-7284.

    - Nos últimos meses, a equipe conseguiu reduzir a taxa de 20% para 10%, mas ainda é um índice significativo - disse. 

    O secretário municipal da Saúde, Jean Torman, alerta que o ato de desmarcar a consulta melhora a qualidade do serviço para todos.

    - Os pacientes que estão aguardando na lista de espera são beneficiados com a consulta desmarcada, pois ganham a oportunidade no lugar de quem não pode ir naquele dia - afirma.

    Atualmente, o tempo entre a marcação e a realização da consulta é de até uma semana.

    Já o diretor técnico da SMS, Alessandro Lindner, lamenta para a quantidade de procedimentos que deixam de ser realizados todos os dias, por conta dos não comparecimentos.

    - Os profissionais médicos deixam de atender outros usuários e realizar outras tarefas enquanto aguardam os pacientes marcados que não se apresentam na data estabelecida.

    O médico ainda explica que os custos poderiam ser direcionados para outras finalidades. 

     

    Como funciona o teleagendamento

     

    O teleagendamento funciona de segunda a sexta-feira, atendendo pelo telefone 0800 400 2022 das 8h às 17h. As unidades que contam com o serviço são as UBS, nos seguintes dias: Morada do Vale I (segunda-feira), São Geraldo (terça-feira), São Judas Tadeu (quarta-feira), Vila Branca (quinta-feira) e Cohab A (sexta-feira).

    Para a marcação, é necessário informar o nome completo, data de nascimento, nome da mãe, endereço, CPF e o número do cartão SUS. Para elaborar o cartão SUS, basta comparecer a uma unidade de saúde com RG, CPF e comprovante de residência em mãos.

    • redes sociais
      ’Teoria’ de jornalista de Gravataí vira notícia nacional
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Não falta vaga para quem quer trabalhar
      por Silvestre Silva Santos
    • caso da maconha
      180 dias sem dono para droga no terreno do vereador
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      O dono da Havan esteve na região, fazendo o quê?
      por Silvestre Silva Santos
    • personagens
      COM VÍDEO | Márcia Becker e seus 115 filhotes
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      5 conselheiros tutelares cobram gratificações em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Por que o estado botou abaixo a Escola Carlos Bina do Xará
      por Silvestre Silva Santos
    • gravataí
      Marco Alba apresenta projeto anticorrupção
      por Redação
    • br-290
      Em vídeo e texto, tudo sobre ’novo’ pedágio da Freeway
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      A polêmica nota do presidente da OAB Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Das cinzas políticas do PD, um candidato a prefeito
      por Rafael Martinelli
    • obras
      Longe do ’SPC’, Prefeitura apresenta máquinas
      por Redação
    • opinião
      Dimas pode pedir licença da Câmara
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Como está a duplicação das pontes do Parque
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • transporte
      Exemplo na integração dos ônibus vem de Gravataí
      por Eduardo Torres
    • segurança
      Bala na Cara mantinha armas e drogas em Gravataí
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Boechat e a hipocrisia do morto santo
      por Rafael Martinelli
    • saúde
      HDJB só tem um pediatra; mas número vai aumentar
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Evandro não quer parecer ’total flex’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      A esquerda que ’só se une na cadeia’ e a laranja do Bolsonaro
      por Rafael Martinelli
    • cachoeirinha
      Maioria aprova governo Miki, diz pesquisa
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      GM confirma bilhão em Gravataí a Marco e Leite
      por Rafael Martinelli
    • refugiados
      A vida dos venezuelanos em Cachoeirinha
      por Eduardo Torres | edição de imagens: Guilherme Klamt
    • transporte
      Um mês para Cachoeirinha ter o seu corredor de ônibus
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Leite pode azedar para servidores de Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.