notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 25/02/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    rio gravataí

    Jackson Muller durante a operação terra, água e ar pelo Rio Gravataí

    Caça por terra, água e ar aos exterminadores de jacarés

    por Redação | Publicada em 14/01/2018 às 14h01| Atualizada em 19/01/2018 às 13h10

    Uma operação por terra, água e ar mirou na caça e pesca predatória – e no massacre de jacarés – no Rio Gravataí. Montado sigilosamente pela Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMMA), o monitoramento teve suporte das equipes da Guarda Municipal e da Polícia Civil na apreensão de barcos, motos, reboques e redes na última sexta-feira.

    Revelado com exclusividade pelo Seguinte: em 12 de dezembro, o caso da matança de pelo menos uma dezena de jacarés por uma quadrilha especializada na comercialização da carne exótica dos animais em extinção é investigado pelo Ministério Público e pela Delegacia do Consumidor.

    As fotos e imagens em vídeo do massacre, onde suspeitos debocham fazendo selfies deitados sobre os jacarés mortos – e até incentivam crianças a bater nos corpos dos animais – são chocantes e ganharam o mundo em sites de notícias e pelas redes sociais.

     

    LEIA TAMBÉM

    EXCLUSIVO | O revoltante caso do massacre de jacarés no Gravataí

    OPINIÃO | Algo para conter massacre de jacarés no Rio Gravataí

    Fotos chocantes mostram caçadores debochando sobre jacarés mortos

     

    – Após um helicóptero sobrevoar a extensão hídrica do Rio Gravataí e mapear a área, um barco passou a navegar em busca dos pontos identificados – explica Jackson Muller, presidente da FMMA, biólogo e doutor em ecologia.

    Os suspeitos, que não tiveram as identificações divulgadas, e os itens apreendidos na operação, foram encaminhados à 2ª Delegacia de Polícia de Gravataí para apuração do caso e da eventual relação com os crimes investigados nos outros inquéritos.

     

    : Helicóptero, drone e barcos foram usados por agentes da FMMA, Guarda e Polícia Civil

     

    Drone guarda o Gravataí

     

    Sob o comando de Jackson, operações tem sido feitas regulamente pela FMMA. Um drone é usado para fazer o monitoramento aéreo do Rio Gravataí. Capaz de capturar imagens em alta definição, o veículo não tripulado facilita o trabalho dos agentes, permitindo o mapeamento de afluentes e a obtenção de dados necessários para a fiscalização de crimes ambientais. Além deste equipamento, a Fundação possui uma frota de nove veículos – sete automóveis e dois barcos. 

     

    : Barco conduziu equipes da Guarda Municipal e Polícia Civil em operação no Gravataí

     

    DENUNCIE

    Para denunciar práticas nocivas à preservação do meio ambiente e colaborar com a rede de monitoramento, faça contato com a FMMA pelos telefones (51) 3488.5799 / 3423.2772 / 3490.3979 e também pelo e-mail fmma@gravatai.rs.gov.br

     

     

     

    • causa animal
      OPINIÃO | Lavando a louça com o sangue de animais
      por Rafael Martinelli
    • projeto Semear
      Produção de alimentos no lugar de ocupações
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • o parto da notícia
      Gugu Streit vice de Sartori (e Marco Alba)
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Filho de Bolsonaro chama ex-vereador de bandido
      por Rafael Martinelli
    • câmara
      Nadir vai contra o prefeito na polêmica do IPTU
      por Rafael Martinelli
    • câmara
      OPINIÃO | IPTU, a audiência que não terminou
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Do Zaffari ao Asun: como trabalhar com eles
      por Silvestre Silva Santos
    • carnaval 2018
      A Onça Negra não vai beber água no Porto Seco este ano
      por Silvestre Silva Santos
    • gravataí
      Quem assume mandato com cassação de vereadores
      por Rafael Martinelli
    • mobilidade urbana
      Será o fim dos quebra-molas na zona urbana?
      por Silvestre Silva Santos
    • câmara
      7 coisas sobre audiência pública do IPTU
      por Rafael Martinelli
    • exposição
      Tem som de museu no Gravataí Shopping
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • vereadores
      Como manter mandato mesmo com cassação no TRE
      por Rafael Martinelli
    • caso das laranjas
      TRE: mandato de 3 vereadores de Gravataí está em jogo segunda
      por Rafael Martinelli
    • rio limpo
      Navegando com pachamama ao futuro do Gravataí
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Marco fez em Gravataí
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Miki fez em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Darci fez em Glorinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.