>
notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/01/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    segurança

    Prefeito Marco Alba assinou ordem de serviço e primeira das 318 câmeras de vigilância foi instalada na manhã de hoje na escola Antônio Aires de Almeida, no Passo da Caveira.

    Saiba como 318 câmeras vão vigiar Gravataí

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 09/01/2018 às 16h52| Atualizada em 17/01/2018 às 15h28

    Vigilância em tempo real e em todas as 24 horas do dia nas escolas, postos e unidades de saúde, prédios da administração municipal e praças, com monitoramento por setor e centralizado. Por setor, da educação na Secretaria Municipal de Educação; da saúde na Secretaria Municipal da Saúde e assim por diante, além de uma central de vídeo-monitoramento na secretaria municipal de Assuntos da Segurança Pública em que todos os movimentos poderão ser vigiados pelos agentes.

    Esta é a providência que está sendo adotada pelo governo de Gravataí a partir desta terça-feira (9/1) com a ordem de serviço assinada pelo prefeito Marco Alba (PMDB) autorizando o início da instalação de mais de 300 câmeras de vigilância espalhadas pela cidade. O ato aconteceu na escola municipal de Ensino Fundamental Antônio Aires de Almeida, no Passo da Caveira.

    O serviço foi anunciado em abril do ano passado, início do segundo mandato do prefeito Alba, mas de forma mais modesta. A previsão era construir 160 quilômetros de rede de fibra ótica e instalar cerca de 70 câmeras de vigilância. Depois de nove meses de serviços a rede alcança mais de 300 quilômetros e serão 318 câmeras instaladas.

    De acordo com o prefeito, a prioridade é dotar as escolas da rede municipal de ensino com pelo menos duas destas câmaras, em cada estabelecimento, até o início do ano letivo de 2018, o que deve acontecer dia 27 de fevereiro. Depois disso o foco será voltado às unidades de saúde seguidas das outras instalações públicas, parques e praças da cidade.

     

    : Solenidade na escola Antônio Aires reuniu autoridades do Executivo municipal

     

    De Guaporé

     

    O serviço está sendo executado pela empresa Superluc Tecnologia, de Guaporé, e hoje mesmo, enquanto os discursos aconteciam no pátio coberto da escola, funcionários da empresa tratavam da instalação da primeira câmara. A escola Antônio Aires de Almeida foi escolhida para o ato por algumas razões.

    Uma delas, porque naquele local também se encontram a Escola Municipal de Educação Infantil Barro Vermelho e um posto de saúde. Neste conjunto de prédios da municipalidade – que fica em uma região em que moram muitas famílias em situação de vulnerabilidade – devem ser instaladas seis câmeras de vídeo-monitoramento.

    Outro motivo para o início do trabalho naquele local é a criminalidade, com índices elevados e acima da média no restante da área urbana de Gravataí. De acordo com a vice-diretora, Quelen Nunes de Souza Almeida, há cerca de quatro anos o educandário – que atende cerca de 1 mil alunos – foi invadida 15 vezes, o que obrigou a instalação de 12 câmeras usadas na vigilância interna.

     

    Patrimônio maior

     

    A secretária municipal de Educação, Sônia Oliveira, disse que a instalação das câmeras é importante porque protege o patrimônio maior, que são os alunos e as pessoas que trabalham nas escolas.

    --- Esse é um momento significativo tanto para a proteção dos alunos, pais e professores, quanto do patrimônio público das escolas --- pontuou a secretária Sônia.

    O secretário para Assuntos de Segurança Pública e coronel reformado da Brigada Militar, Flávio Lopes, comentou que segurança pública não se faz com um ato isolado, e que o investimento no vídeo-monitoramento é parte de um contexto priorizado pelo governo municipal, a segurança de todas as pessoas.

     

    PARA SABER

     

    1

    As câmeras de vigilância serão instaladas nas 75 escolas da rede municipal de ensino de Gravataí.

     

    2

    A empresa Superluc Tecnologia tem 22 anos de fundação e o sistema que está sendo implantado em Gravataí já está em funcionamento em Lajeado e Capão da Canoa.

     

    3

    O sistema de vídeo-monitoramento está sendo iniciado pelas escolas e, depois, chega aos postos e demais unidades de saúde, além de outros prédios públicos, praças, parques e locais de grande concentração popular.

     

    : Prefeito Marco Alba assinou ordem de serviço para instalação das câmeras

     

    FRASES DO PREFEITO

     

    --- Esse é um compromisso cumprido pelo governo da quarta maior economia do estado mas que a estrutura pública não estava preparada para fazermos investimentos e dar as respostas que a população esperava logo que assumimos.

     

    --- O governo está corrigindo distorções cumprindo com um papel que cabe ao estado, mas que o estado não tem condições de realizar, e colocando Gravataí como um exemplo para muitas prefeituras do Brasil.

     

    --- Há cinco anos não havia uniformes nem modelo pedagógico, muito menos Patrulha Escolar, vigias e gradil de concreto cercando as escolas. Eram mil professores a menos na rede municipal de ensino. Fizemos o que não existia mesmo com menos recursos em caixa.

     

    --- Em meio à maior crise econômica da histórica, pagamos R$ 250 milhões em dívidas que herdamos e mesmo assim investimos naquilo que é uma necessidade da população: a segurança. Isso, além de pagar contas deixadas pelos incompetentes que destruíram nossa cidade.

     

     

     

    • pequenas empresas grandes histórias
      O que é a terapia reencarnacionista?
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Miki fez em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • Gravataí Eu Faço por Ti
      E a empresa adotou a praça
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Os bastidores da venda do único hospital de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • luto
      Saiba como ajudar os animais órfãos da Sônia Piumato
      por Gelcira Teles
    • assistência social
      Prefeito abre obras no Cras Moradas
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Venda de área pode acabar com camelódromo
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      17 milhões não são só para wi-fi nas praças
      por Rafael Martinelli
    • em vídeo
      Percorremos os caminhos do ritual satânico
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Darci fez em Glorinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.