>
notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/01/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    lei do uber

    Prefeito Marco Alba (centro), com o assessor da Semurb Adão de Castro (esquerda) e o secretário Alison Silva: sancionada lei que regulamenta transporte de passageiros a partir de aplicativos

    Sem cadastro, Uber, Cabify e 99 ficarão clandestinos

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 08/01/2018 às 17h22| Atualizada em 17/01/2018 às 15h28

    Solicitar transporte em carro particular – que não seja táxi – vai ter mais segurança, em Gravataí, a partir da regulamentação da lei 3953/2018 sancionada na manhã de hoje pelo prefeito Marco Alba (PMDB), em ato concorrido e que lotou o gabinete do chefe do Executivo.

    O então projeto de Lei foi votado na última sessão da Câmara Municipal em dezembro passado e aprovado com votos de 11 dos 21 vereadores, depois que a lei que proibia a atividade – transporte de passageiros a partir de aplicativos – chamada de “lei anti-Uber", ter sido revogada também por decisão do Legislativo em agosto do ano passado.

    A segurança dos passageiros foi um dos argumentos do prefeito, que invocou também a questão da isonomia, considerando que atividade similar, dos taxistas, tem regulamentação, cadastro dos profissionais, taxação e fiscalização dos profissionais que prestam o serviço.

    Após sancionar a Lei – o documento foi assinado às 9h06min de hoje – o prefeito citou que a regulamentação atinge todo sistema de transporte de passageiros por aplicativo, não apenas quem opera com o Uber, e brincou:

    --- Só não vale para carona!

     

    Conheça a integra da lei sancionada hoje CLICANDO AQUI.

     

    Leis polêmicas

     

    Embora o Executivo tenha prazo regimental de 90 dias para publicar o decreto com todos os detalhes da regulamentação, o prefeito Alba disse esperar que isso se dê nas próximas duas semanas, a partir do quê as empresas – Uber e Cabify – principalmente estas, devem fazer o cadastramento de veículos, seus proprietários e motoristas.

    --- Hoje se uma pessoa usa o aplicativo para chamar um destes carros, não sabe o nome de quem está vindo, que carro é, qual a placa, não tem segurança alguma. O que queremos é, principalmente, dar segurança às pessoas --- destacou.

    Marco Alba também deu ênfase às mudanças que vem implementando – outra recente e que ele admitiu na coletiva de hoje se tratar de tema polêmico, a que proíbe as raves no meio rural – e disse que se trata da modernização de leis ultrapassadas, exigência das mudanças que vêm acontecendo no mundo.

    --- Não é o caso do Uber que surgiu de forma recente em razão do aprimoramento e modernização da tecnologia e que acabou se transformando em atividade econômica sem qualquer regulamentação ou obrigação. Ou todos são desonerados ou, então, todos regulamentados --- reforçou.

     

    Sem números

     

    O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Alison Silva, não soube precisar quantos são os proprietários ou motoristas que estão em atividade atualmente, em Gravataí, prestando serviço de transporte particular acionados a partir de plataforma de aplicativos como Uber e Cabify.

    --- Essa realidade a gente só vai saber com certeza depois do cadastramento --- disse Alison.

    Ele acredita, porém, que deve ser um número expressivo já que na audiência pública realizada na Câmara para discutir a regulamentação do serviço, em junho do ano passado, o plenário estava lotado tanto por taxistas – que pediam a proibição do serviço por aplicativos – quanto motoristas do Uber.

    --- No plenário cabem umas 300 pessoas, ou mais um pouco. Claro que tinha taxista mas se a gente dividir meio a meio dá para se ter uma ideia de quantos são --- calculou o secretário.

     

    LEIA TAMBÉM:

    Como vereadores votaram na Lei do Uber

    Uber é proibido em Gravataí

    Cai lei anti-Uber. Saiba como votou seu vereador

    EXCLUSIVO | A lei anti-Uber de Gravataí está no tapetão

    COM VÍDEO | Como foi a audiência pública da lei anti-Uber

     

     

    Dia histórico

     

    Embora estivessem à mesa mais três vereadores, quem pediu a palavra para se manifestar à imprensa foi o vereador Alan Vieira (PMDB), proponente da audiência pública de junho e que encabeçou o trabalho, primeiro, para derrubar a lei que proibia o serviço e, depois, para elaboração desta nova lei de regulamentação.

    Para Alan Vieira, foi um dia histórico para Gravataí.

    --- A Prefeitura de Gravataí está sendo colocada no cenário nacional pela coragem em promover mudanças significativas como esta, uma matéria que vem sendo estudada por mim e outros vereadores desde o começo do ano passado. Este dia é histórico principalmente pela coragem do nosso prefeito, Marco Alba, em realizar as mudanças que a nossa comunidade precisa --- discursou o vereador.

     

     

    • pequenas empresas grandes histórias
      O que é a terapia reencarnacionista?
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Miki fez em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • Gravataí Eu Faço por Ti
      E a empresa adotou a praça
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Os bastidores da venda do único hospital de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • luto
      Saiba como ajudar os animais órfãos da Sônia Piumato
      por Gelcira Teles
    • assistência social
      Prefeito abre obras no Cras Moradas
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Venda de área pode acabar com camelódromo
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      17 milhões não são só para wi-fi nas praças
      por Rafael Martinelli
    • em vídeo
      Percorremos os caminhos do ritual satânico
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Darci fez em Glorinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.