>
notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/01/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    festa junina

    Sônia Zancheta e João Batista Fraga se dedicam a um projeto programado para junho que vem e promete colocar Cachoeirinha no cenário nacional

    COM VÍDEO | Maior festa junina do Sul do Brasil está em preparação

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 28/12/2017 às 19h43| Atualizada em 03/01/2018 às 16h11

    Um mega encontro festivo, cultural, gastronômico, de usos e costumes, envolvendo gaúchos e nordestinos, está sendo planejado para acontecer em Cachoeirinha de 22 a 25 de junho do ano que vem. Vai ser o São João de Cachoeirinha – Um encontro entre o Sul e o Nordeste, evento que já está sendo considerado “um divisor de águas” pelo coordenador de setor de projetos da Secretaria Municipal de Educação, João Batista Fraga.

    O São João de Cachoeirinha vai ser realizado no Parcão da cidade, na parada 57 da avenida Flores da Cunha ou, como queiram, na entrada do Parque da Matriz e atrás do quartel do Corpo de Bombeiros.

    --- Serão quatro dias de muita comilança de churrasco gaúcho e iguarias do Nordeste a base de carne de sol, além de música, literatura de cordel, artesanatos típicos, teatro e muito, mais muito mais --- garante a jornalista e promotora cultural Sônia Zanchetta.

    A propósito, a ideia de um super São João vem sendo gestada desde 2013 pela própria Sônia, e até um projeto com detalhes minuciosos foi enviado ao Ministério da Cultura e foi aprovado para captação de recursos com base na Lei Rouanet com um detalhe: dedução total do valor destinado ao projeto do Imposto de Renda a ser recolhido pela empresa patrocinadora.

    E Sônia pensa grande!

    --- Vamos ter 30 espaços para entidades assistenciais e culturais mostrarem seus produtos --- diz a jornalista, sustentando que já tem o apoio de órgãos ligados à cultura do estado da Paraíba.

    Mas por qual razão os nordestinos?

    Muito simples!

    Cachoeirinha é a cidade que concentra o maior número de pessoas vindas da Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas, entre outros estados do Nordeste. A grande maioria vivendo no entorno dos bairros Granja Esperança e Jardim do Bosque, principalmente.

    São cerca de cinco mil pessoas, de acordo com Sônia, ante uma população de 127 mil pessoas segundo a projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2017. Em torno de 4% dos moradores de Cachoeirinha, então, são oriundos do Nordeste.

    Eles movimentam a economia com bares, restaurantes, lojas de vestuário e calçados, mas principalmente através do comércio de redes, panelas, cadeiras, colchas e outros objetos produzidos e trazidos dos seus estados de origem.

     

    Casamento na roça

     

    --- O evento é para promover a integração entre os cinco mil nordestinos residentes no município e outros segmentos da população, aproximando os quatro centros de tradições gaúchas, os CTGs da cidade, e o Centro de Tradições Nordestinas --- explica.

    De acordo com a proposta, a programação reunirá danças tradicionais gaúchas e a quadrilha do Nordeste, o baião, o forró e outros gêneros musicais nordestinos que valorizam o instrumental, assim como a vaneira e outros ritmos gauchescos.

    O São João de Cachoeirinha também dará espaço para as brincadeiras, ao artesanato, contações de histórias e apresentações de teatro de bonecos com temas regionais, assim como ao tradicionalíssimo ‘Casamento na Roça’, nas versões daqui e de lá.

     

    Pombal e Campina Grande

     

    De acordo com Sônia Zanchetta a festa também vai ter um município homenageado, Pombal, da Paraíba, onde nasceu o pioneiro da literatura de cordel, Leandro Gomes de Barros.

    --- Em 2018 completam-se 100 anos do falecimento de Leandro de Barros, considerado o mais lido dos escritores populares pelo folclorista Câmara Cascudo e  o príncipe dos poetas pelo poeta Carlos Drummond de Andrade. Por isso escolhemos Pombal para ser o município homenageado nesta primeira edição do São João de Cachoeirinha.

    O evento também contará com atrações artísticas do município de Campina Grande, onde se realiza a maior festa de São João do País. Segundo Sônia autoridades de Pombal e Campina já mantiveram contato com ela e asseguraram participação no evento que vai ser realizado em Cachoeirinha.

    No projeto, Sônia lembra que as tradições do Rio Grande do Sul são preservadas e difundidas nas escolas e por meio de quatro centros de tradições gaúchas da cidade que participam ativamente da organização e realização da Ronda Crioula de Cachoeirinha, em setembro, e divulgam seus grupos artísticos em outros eventos locais e de outras regiões.

    --- No entanto a comunidade nordestina que se concentra principalmente na Zona Norte da cidade, não tem contado com o devido espaço para vivenciar e divulgar sua cultura --- diz ela.

     

    A ESTRUTURA

     

    O evento será realizado no Parcão da Paz Ignácio Aloysio Herbert, em área de 7 mil metros quadrados que será ocupada da  seguinte forma:

     

    : Pavilhão central, de vão livre, com 1 mil metros quadrados para os bailes e apresentações de dança e de teatro de rua.

    : Palco com dois camarins para grupos musicais e de teatro a serem apresentados.

    : Camarote ou camarotes dos patrocinadores

    : Praça de alimentação

    : Ambulatório para primeiros socorros com ambulância para eventuais remoções hospitalares.

    : Espaço a ser compartilhado pela Brigada Militar e Guarda Municipal de Cachoeirinha encarregados do policiamento ostensivo.

    : 30 quiosques a cargo de entidades sem fins lucrativos para comercialização de alimentos, bebidas, artesanato e brincadeiras típicas das festas juninas. A renda arrecadada será destinada aos projetos mantidos por esses parceiros.

    : Estande – pode ser mais de um –  de patrocinadores e tendas de apoiadores. 

    : Balcão de informações.

     

    Importante saber

     

    1

    Não haverá cobrança de ingressos e o acesso será gratuito para todo o público. Também não serão cobradas taxas pela ocupação dos espaços cedidos às entidades sem fins lucrativos da cidade, e a renda obtida pelas atividades que realizarem como a comercialização de seus produtos será totalmente revertida para a manutenção de seus projetos. Em contrapartida, colaborarão na mobilização de seus respectivos públicos.

     

    2

    Em função das atrações a serem oferecidas e da gratuidade do ingresso a expectativa da organização é que o evento receberá, nos quatro dias de realização, público de cerca de 20 mil pessoas, e contará com a participação, em mostras e apresentações artísticas, das 50 escolas municipais, além de outras, que igualmente serão convidadas, das redes estadual e particular de ensino.

     

    Confira no vídeo abaixo a entrevista de Sônia Zanchetta e João Batista Fraga para o Seguinte:.

     

     

     

     

    • pequenas empresas grandes histórias
      O que é a terapia reencarnacionista?
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Miki fez em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • Gravataí Eu Faço por Ti
      E a empresa adotou a praça
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Os bastidores da venda do único hospital de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • luto
      Saiba como ajudar os animais órfãos da Sônia Piumato
      por Gelcira Teles
    • assistência social
      Prefeito abre obras no Cras Moradas
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Venda de área pode acabar com camelódromo
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      17 milhões não são só para wi-fi nas praças
      por Rafael Martinelli
    • em vídeo
      Percorremos os caminhos do ritual satânico
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Darci fez em Glorinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.