notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/01/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    natal

    Primeira-dama fez a entrega de brinquedos a crianças da Casa da Criança São Francisco de Assis

    Uma casa de sonhos, sorrisos largos e histórias que fazem chorar

    por Anna Fonseca | Publicada em 21/12/2017 às 18h31| Atualizada em 23/12/2017 às 18h21

    Na Sociedade Beneficente Casa da Criança São Francisco de Assis, no bairro Tom Jobim, onde a primeira-dama Patrícia Bazotti Alba fez uma das entregas dos brinquedos arrecadados na campanha Doe Sonhos, capitaneada pelo seu gabinete e pela Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social, Joana (os nomes foram trocados), 3 anos, chega às 07h e volta para uma casa emprestada perto das 18h. Isso porque há uns três meses, o local onde morava com sua mãe foi totalmente destruído pelo fogo e foi a Casa São Francisco que mobilizou toda a comunidade próxima na arrecadação de roupas, colchões, alguns móveis e até na busca de novos documentos para a família, porque tudo foi consumido pelo fogo.

    Na Casa São Francisco, do café da manhã à janta, com aulas de música, ginástica, pintura e algumas lições escolares, 126 crianças de zero a seis anos são abrigadas e protegidas por uma equipe de 24 diferentes anjos, entre professores, nutricionistas, cozinheiras, psicólogas e auxiliares de limpeza. Tudo pago por repasses da Prefeitura de Gravataí e doações da comunidade.



    Mas as histórias não são todas tristes
     

    Um exemplo disso são os pais da pequena Cristina, 2 anos e 9 meses, e de sua irmã, Martina, que antes das 07h deixam lá as pequenas e, após um dia duro de trabalho em obras, fazem questão de buscar as meninas, sempre com largos sorrisos cheios de saudade, citados por todos. São histórias assim que nos incentivam ainda mais a continuar o trabalho diário de ajudar aos que precisam. E fazemos isso nos demais 364 dias do ano também. A administração pública tem o dever de tornar a vida das pessoas melhor e, aqui em Gravataí, fazemos isso com muito carinho afirma Patrícia Bazotti Alba, referindo-se à administração de seu marido, o prefeito Marco Alba.

    João Paulo teve seus pais envolvidos com álcool e drogas. E a tragédia não terminou aí, também seu padrasto enforcou-se na própria casa. João, na época, tinha um ano e seis meses e, por influência da vizinha e responsável pelas refeições na São Francisco, foi aceito e passou a freqüentar a Casa. Quem nos conta esta história, que já tem quase 10 anos, é a mesma responsável pelas refeições que, agora, é também mãe de João.

    A diretora Márcia Taís, que dirige a Casa desde sua criação, há 18 anos, fala dos planos para 2018. Com a ajuda da Prefeitura e da comunidade, queremos aumentar para 188 crianças, atendidas em turno integral e também no turno inverso ao escolar conta esperançosa.

    A arrecadação de brinquedos continua até dia 23 de dezembro, no Gravataí Shopping Center.

    • coluna do silvestre
      GM diz que pode fechar fábrica de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • segurança
      Fotógrafo foi morto por dívida em Cachoeirinha
      por Eduardo Torres
    • em Brasília
      Marco Alba trata do Complexo de Educação Especial
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Pedágio volta dia 15 mais caro do que o anunciado
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O último ano dos canudos plásticos em Gravataí
      por Eduardo Torres
    • 2020
      ’Bolsonaro da Aldeia’ na briga pela Prefeitura
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Corte de dinheiro para Carnaval é aprovado; exceto por petistas
      por Rafael Martinelli
    • governo bolsonaro
      Marco Alba em Brasília; sem embaixador
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Moro foi bem na GloboNews; já é um político
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Gravataí não vai liberar dinheiro para escola de samba
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Uma em cada quatro armas legais é roubada no RS
      por Eduardo Torres
    • rs
      Ninguém de Gravataí no governo Leite
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      O que será feito para salvar Ubers da violência
      por Eduardo Torres
    • segurança
      O debate fetichista sobre a redução da maioridade
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Ulbra Gravataí demite um quinto dos professores
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      App leva profissionais da beleza até você
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • habitação
      Moradores querem financiar casas da Granja em 35 anos
      por Eduardo Torres
    • polêmica
      Gravataí e Cachoeirinha podem ter armas liberadas
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Farda não garante santidade; promoção, talvez
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      RETRÔ 2018 | Sem guerra das facções, na mira dos grandões
      por Eduardo Torres
    • economia
      RETRÔ 2018 | A volta dos investimentos na região
      por Eduardo Torres
    • meio ambiente
      RETRÔ 2018 | O preço do futuro preservado
      por Eduardo Torres
    • política
      RETRÔ 2018 | Do limão eleitoral à limonada política
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.